Dono de serralheria sofre atentado após demitir funcionário

José Aparecido da Silva, 35 anos, proprietário de uma serralheria, foi baleado após dispensar um dos funcionários na noite desse sábado (25), dentro de casa na rua Agostinho Bacha, bairro Jardim Monumento em Campo Grande.

De acordo com boletim de ocorrência, a esposa da vítima contou à polícia que estava em frente de casa por volta das 20h30, quando chegaram três homens em um carro, de cor escura, e um dos ocupantes pediu para chamar José Aparecido. Como o empresário não saiu do imóvel, os homens invadiram o local e um deles armado com uma pistola atirou em José.

Ainda conforme a polícia, o disparo de arma de fogo atingiu a perna esquerda da José Aparecido porque a esposa bateu no braço do homem que atirou. A mulher disse que reagiu para evitar que o marido fosse ferido. Ela ainda informou que dois dos três homens eram funcionários de José e um deles foi demitido por envolvimento em um furto ocorrido na serralheria.
José Aparecido foi levado até a Santa Casa por conta da gravidade do ferimento, mas, não corre risco de morrer.

Os suspeitos pelo crime foram identificados por Ralado e Willian. O que estava armado e atirou não foi identificado pela vítima.

O caso foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) Piratininga.

Comentários

comentários