Dono de lava jato é executado a tiros em frente de padaria em Ponta Porã

Jose Alves da Cruz (26) vulgo “Guara” foi executado a tiros, na manhã deste sábado (12), em Ponta Porã (MS), na fronteira com o Paraguai. Os atiradores fugiram em uma motocicleta. Ninguém foi preso.

Vítima foi morta a tiros ao entrar em carro, em frente de padaria Foto Porã News

De acordo com a polícia, por volta das 7h30, o rapaz estava saindo de uma padaria, no bairro São Domingos, e foi surpreendido ao entrar no carro pela dupla, que chegou de motocicleta.

Os suspeitos atiraram várias vezes com uma pistola 9 milímetros e fugiram em seguida.
Segundo a polícia, o jovem era dono de um lava-jato e foi vítima de uma tentativa de assassinato em 2016.

A polícia suspeita que o crime tenha ocorrido por causa de uma briga.

A Polícia Civil investiga o caso e vai analisar imagens de câmeras de segurança de estabelecimentos comerciais da região.

Comentários

comentários