Dólar sobe após Zavascki decidir sobre investigação de Lula

O dólar opera em forte alta nesta quarta-feira (23) seguindo o movimento de valorização da moeda no mercado internacional e com a vitória do governo no STF (Supremo Tribunal Federal).

O ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato no STF, decidiu que a suprema corte deve investigar Lula, atendendo ao pedido do governo Foto: Valter Campanato/Agência Brasil / O Financista
O ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato no STF, decidiu que a suprema corte deve investigar Lula, atendendo ao pedido do governo
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil / O Financista

O ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato no STF, decidiu na noite de terça-feira (22) que a suprema corte deve investigar o ex-presidente Lula, atendendo ao pedido do governo que alegou irregularidades na divulgação de grampos telefônicos envolvendo todas as pessoas com foro privilegiado sob investigação da Polícia Federal.

Zavascki determinou que o juiz Sérgio Moro encaminhe ao STF toda a investigação sobre Lula e devolveu o sigilo dos grampos telefônicos dos envolvidos. Dessa forma, ainda que não seja ministro, Lula passa a ter foro privilegiado.

O ministro também deu um prazo de dez dias para que Moro explique sua atuação na penúltima fase da Lava Jato, batizada de Operação Aletheia, com o objetivo de decidir o que ficará sob a tutela da Justiça Federal do Paraná, onde Moro atua, e o que ficará com o STF.

Neste contexto, o dólar à vista tinha alta de 1,51%, cotado a R$ 3,6375.

A moeda norte-americana manteve a valorização mesmo após o fim do terceiro leilão de swap cambial reverso, que equivale à compra futura da moeda, do Banco Central. Nos outros dias, o dólar perdeu força tão logo o leilão chegou ao final de passou a cair, focando nas tensões políticas.

Comentários

comentários