Dólar opera em alta, à espera de definições sobre reformas; cotação é de R$ 3,3015

Do G1

O dólar opera com leves oscilações ante o real nesta terça-feira (28), à espera de novidades que possam dar pistas sobre o andamento das reformas no Congresso Nacional em reação à denúncia apresentada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, contra o presidente Michel Temer e também o fatiamento das acusações, o que pode postergar o desfecho do episódio, de acordo com a Reuters.

Às 9h40, a moeda norte-americana subia 0,37%, a R$ 3,3138 na venda, depois de terminar a véspera praticamente estável, a R$ 3,3015.

O BC realizará nesta sessão mais um leilão de até 8,2 mil swaps cambiais tradicionais, equivalentes à venda futura de dólares, para rolagem dos contratos que vencem julho, de acordo com a Reuters.

Além da condenação, Janot pede a perda do mandato de Temer, “principalmente por ter agido com violação de seus deveres para com o Estado e a sociedade”. É a primeira vez que um presidente da República é denunciado ao STF no exercício do mandato.

Na véspera, a moeda norte-americana caiu 1,13%, a R$ 3,3015 na venda.

Comentários

comentários