Dólar corrige parte da alta da véspera e cai ante real nesta quarta; cotação é de R$ 3,3198

Do G1

O dólar opera em queda ante o real nesta quarta-feira (20), corrigindo parte do salto de quase 1,5% da véspera e seguindo outras moedas no exterior, mas com tendência que pode mudar em breve, já que os investidores seguem reagindo aos acontecimentos políticos, segundo a Reuters.

Às 9h09, a moeda norte-americana recuava 0,33%, vendida a R$ 3,3198.

Na véspera, a derrota na Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado acendeu o sinal amarelo dos investidores, expondo a fragilidade da base aliada e colocando em dúvida a aprovação da reforma da Previdência no Congresso. Nesta quarta, o texto será lido na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa.

O BC realizará nesta sessão mais um leilão de até 8,2 mil swaps cambiais tradicionais equivalentes à venda futura de dólares– para rolagem dos contratos que vencem julho.

Na terça-feira, o dólar encostou em R$ 3,35, após a Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado rejeitar o texto principal da reforma trabalhista, sinalizando que o governo do presidente Michel Temer pode estar com menos força política dentro do Congresso Nacional.

Com a derrota do governo, cresceu o temor entre investidores de que a reforma da Previdência, considerada essencial para colocar as contas públicas do país em ordem, pode não ser aprovada, destaca a Reuters.

O dólar avançou 1,4%, a R$ 3,3308 na venda – foi a maior cotação de fechamento desde 18 de maio, quando saltou mais de 8% e foi a R$ 3,389, dia seguinte à divulgação das delações dos executivos do grupo J&F e que afetaram Temer.

Comentários

comentários