Dólar cai 1,5% e fecha abaixo de R$ 3, acompanhando mercados externos

O dólar comercial fechou em queda de 1,51%, a R$ 2,993 na venda nesta quinta-feira (14).

A tendência de queda do dólar foi observada na maioria dos mercados internacionais, segundo a agência de notícias Reuters.

Na véspera, números fracos sobre o varejo norte-americano já haviam alimentado expectativas de que o Federal Reserve (banco central dos EUA) adie o aumento de juros.

Nesta sessão, essas apostas ganharam mais força após os preços ao produtor dos EUA caírem 0,4% em abril, contra estimativas de alta de 0,2%,

“A economia dos EUA teve um início decepcionante no segundo trimestre”, escreveram analistas do banco de investimentos BBH em nota a clientes.

Eles ressaltaram que, embora a taxa de desemprego pareça estar caindo mais rapidamente do que o esperado, o Fed “provavelmente se verá na difícil posição de ter de reduzir suas projeções de crescimento para o ano na reunião de junho”.

Quando os Estados Unidos subirem os juros, a tendência é que investimentos que hoje estão em mercados emergentes, como o Brasil, migrem para lá.

Leilões de contratos de dólar do BC

O BC brasileiro vendeu nesta sessão a oferta total de até 8.100 contratos de swap cambial tradicional (equivalentes à venda futura de dólares) no leilão de rolagem.

O BC já rolou o equivalente a US$ 3,545 bilhões, ou cerca de 37% do lote total, que corresponde a US$ 9,656 bilhões.

Os leilões de rolagem servem para adiar os vencimentos de contratos que foram vendidos no passado.

Com Informações Reuters

Comentários

comentários