Dois réus fogem de prisão de segurança máxima nos EUA

A polícia americana procura desde domingo (7), dois condenados por assassinato que fugiram da maior prisão de segurança máxima do estado de Nova Iorque depois de perfurarem as paredes de suas celas com ferramentas elétricas. Richard Matt, de 48 anos, e David Sweat, de 34, fugiram da prisão Clinton Correctional Facility para homens em Dannemora durante a noite dessa sexta-feira e sua ausência foi detectada durante a revista pela manhã, segundo a polícia. “São dois indivíduos perigosos, um foi preso por ter matado um xerife”, afirmou o governador de Nova Iorque, Andrew Cuomo, a partir do centro penitenciário.

Dois réus fogem de prisão de segurança máxima nos EUA | Foto: Governor New York / AFP
Dois réus fogem de prisão de segurança máxima nos EUA | Foto: Governor New York / AFP

Mais de 200 policiais apoiados por unidades especializadas e helicópteros buscavam neste domingo os dois foragidos.
Ao que parece, os réus deixaram uma nota que dizia “Tenham um bom dia”. Utilizaram ferramentas elétricas para perfurar paredes e deixaram em suas camas montes de roupa para levar a crer que dormiam.

Segundo Cuomo, é a primeira vez em que ocorre uma fuga nesta parte da prisão, em serviço desde 1845 e que abriga 3 mil prisioneiros. As autoridades desconhecem por enquanto se eles contaram com a ajuda de cúmplices.

Comentários

comentários