Diego Hypolito tem novo ouro e Rebeca Andrade leva a prata na Copa do Mundo

Diego Hypolito voou alto no solo de Doha para ficar com o título - Foto: Reprodução/Facebook)
Diego Hypolito voou alto no solo de Doha para ficar com o título – Foto: Reprodução/Facebook)

Na etapa de Doha da Copa do Mundo de Ginástica Artística, o Brasil conseguiu levar bons resultados para casa. Nesta sexta-feira, Diego Hypolito conquistou o ouro no solo, enquanto Rebeca Andrade ficou com a prata nas barras assimétricas.

Na disputa do solo, Diego passou por alguns desequilíbrios, mas ainda assim não perdeu o lugar mais alto do pódio. A nota conquistada pelo brasileiro foi de 15,175, suficiente para derrubar o esloveno Rok Klavora, de 15,000 e o britânico Sam Oldham, que marcou 14,925 pontos.

A jovem Rebeca Andrade também subiu ao pódio nesta sexta-feira. A brasileira fechou a participação nas barras assimétricas com a nota 14,250. O ouro ficou com Jonna Adlerteg, da Suécia, que marcou 14,925. O terceiro lugar ficou com a portuguesa Filipa Martins, com 13,625.

O Brasil também teve a chance de levar mais uma medalha, mas passou perto. Nas argolas, Henrique Flores marcou apenas 15,325 pontos e ficou na sexta colocação. O título ficou com Eleftherios Petrounias, com 15,897 pontos, enquanto os armênios Vahagn Davtyan, 15,800 e Arthut Tovmasyan, 15,775, completaram o pódio.

O campeão Diego Hypolito ainda entrará no ginásio para a disputa da final do salto, neste sábado, às 10h30 (de Brasília). Thauany Araújo disputará a final da trave, às 11h10, e Fellipe Arakawa buscará medalha na barra fixa, às 12h50. (Com Gazeta Esportiva)

Comentários

comentários