Desembargador derruba liminar para volta do expediente bancário em MS

Greve já está no 18º dia (Foto: G1-MS)
Greve já está no 18º dia e os setores ainda não entraram em acordo (Foto: G1-MS)

O Desembargador Federal do Trabalho, João de Deus Gomes de Souza, derrubou a liminar, hoje (22) que determinava a volta do expediente bancário em Mato Grosso do Sul desde o dia 19 de setembro.

No despacho, o desembargador afirmou que a decisão em favor da ação civil pública da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), seccional Mato Grosso do Sul, foi proferida em desacordo com a Constituição e a legislação vigente, porque a OAB não detém legitimidade para a ação proposta.

Segundo o G1-MS, o presidente da OAB-MS, Mansour Karnouche, disse que ainda não foi notificado da decisão e que iria tomar conhecimento para decidir sobre o recurso.

O presidente do Sindicato dos Bancários de Campo Grande e Região, Edvaldo Barros, disse que essa decisão só reafirma a legitimidade da greve. Segundo Barros, a ação da OAB nunca foi motivo de preocupação porque sempre agiram conforme a lei da greve.

A greve dos bancários está no 18º dia e continua por tempo indeterminado. Em Campo Grande e região, já são 144 agências sem atendimento – número que representa 90% das 160 unidades existentes, de acordo com o sindicato.

Comentários

comentários