Dengue faz 9ª vítima fatal no Estado

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) de Mato Grosso do Sul confirmou mais uma morte por dengue. Com este caso, registrado na cidade de Maracaju – distante a 161 km de Campo Grande–, são nove óbitos, desde o início do ano. Outro caso na Capital ainda está sob investigação.

Conforme o boletim divulgado pela SES nesta quinta-feira (4), em apenas uma semana, foram 2.672 novas notificações da doença em todo Estado, totalizando 26.675 casos suspeitos. Dos 79 municípios de MS, 60 estão em estado de alerta para a dengue.

De acordo com relatório divulgado nesta quinta-feira (04) pela SES, um segundo caso registrado no município de Aparecida do Taboado, que estava sob investigação, foi descartado. O terceiro, em Campo Grande, ainda está sob analise.

Conforme o relatório, além de Maracaju, a doença fez duas vítimas em Sonora, uma em Corumbá, Campo Grande, Dourados, Juti, Paranhos e Três Lagoas. Todos estes municípios apresentam índices altíssimos de notificações, acima de 300 casos por 100 mil habitantes.

Números que colocam 2015 em segundo lugar em número de casos suspeitos da doença dos últimos seis anos. O recorde ainda está em 2013, quando 102 mil pessoas apresentaram os sintomas de infecção pelo vírus.

A Capital lidera o ranking de notificações nos municípios com alta incidência, já que teve 4,8 mil casos suspeitos este ano, conforme o levantamento da secretaria. Na sequência vem Três Lagoas, com 1.604 casos, seguida por Dourados, com 1.273 notificações.

Comentários

comentários