Delcídio defende candidaturas a prefeito do PT no maior número possível de municípios do MS

“Apesar da crise que estamos atravessando nacionalmente, o PT, sem sombra de dúvida, é o maior e mais organizado partido do Brasil. Nós temos quadros intelectualmente capazes e tecnicamente competentes para enfrentar qualquer debate. Por isso, temos que nos preparar para lançar candidatos a prefeito no maior número possível de municípios de Mato Grosso do Sul e, onde não for viável, em função do quadro local, apresentar uma chapa forte de candidatos a vereador e a vereadora, que serão fundamentais nos embates políticos futuros”, afirmou o senador, durante encontro promovido na manhã deste sábado (29) pela Executiva Regional do partido em um hotel de Campo Grande. O encontro contou com a participação de parlamentares, prefeitos e presidentes dos diretórios municipais, para discutir a conjuntura política nacional, estadual e municipal e traçar diretrizes para as eleições de 2016.

Delcídio acredita que o PT vai superar a crise e sairá fortalecido para disputar as eleições de 2016.
Delcídio acredita que o PT vai superar a crise e sairá fortalecido para disputar as eleições de 2016.

Delcídio, que é líder do governo no Senado, traçou um panorama da atual situação política e econômica do país e afirmou que, apesar das dificuldades, não tem dúvida de que o Brasil vai superar a crise e voltar a crescer.

“Mesmo com as polêmicas acontecidas ao longo dos últimos meses, o Congresso aprovou todas as medidas encaminhadas pela presidenta Dilma. A inflação vai cair e o emprego voltará a crescer. Todos os ajustes necessários foram feitos nesse sentido e agora começamos a debater no Senado pautas positivas, para fazer o país voltar a retomar o rumo do desenvolvimento”, argumentou.

O senador finalizou sua fala com uma afirmação que arrancou aplausos dos participantes do encontro.

“Muita gente, inclusive do próprio partido, anda espalhando que eu estaria de saída do PT. Eu quero dizer aqui que isso não tem o menor fundamento. Eu vou com o PT até o fim, doa a quem doer”, assegurou.

Comentários

comentários