Debate sobre greve na coleta de lixo gera bate-boca entre vereadores

Vereadora Luiza Ribeiro se refere a Olarte como “Goiano”, e em resposta, vereador Carlão se altera chamando vereadora de “catraquinha”.

A sessão na Câmara seguia tranquila.  O principal tema debatido era a paralisação dos coletores de lixo da Solurb, na Capital, iniciada há dois dias, após nota da prefeitura  que anunciou que não há repasses a fazer à empresa, além dos R$56 milhões pagos desde o início do ano – cujo último pagamento teria sido efetuado em agosto -, enquanto os coletores alegam não receber há três meses.

DSC_0024
Vereadora critica gestão de Olarte por greve Foto Silvio Ferreira

Então, em seu discurso, a vereadora Luiza Ribeiro (PPS) atribuiu a culpa do entrave ao “Goiano”, em referência ao prefeito afastado Gilmar Olarte (PP).

Imediatamente, o vereador Carlão, aliado do prefeito afastado, se alterou e do microfone da mesa diretora chamou a vereadora de “catraquinha”.

O embate foi interrompido pelo presidente interino da Câmara, Flávio César (PMDB), que cobrou retratações dos vereadores.

Em resposta, a vereadora Luiza Ribeiro alegou que não via “gravidade ao usar, para referir-se a Olarte, um apelido que seria usado por ele”, mas que solicitava a retirada dos registros da sessão.

10carlao
Carlão se altera com Luiza, por chamar Olarte de Goiano Foto Silvio Ferreira

Ainda bastante nervoso, o vereador Carlão solicitou aparte e só depois de muita hesitação, solicitou a retirada do termo “catraquinha” do registro da sessão.

Em entrevista ao Página Brazil a vereadora relevou o episódio e preferiu denunciar o que classificou como “conluio da gestão do prefeito afastado, Gilmar Olarte com a Solurb.”

Silvio Ferreira

Comentários

comentários