De virada, Chapecoense mostra eficácia e vence o Coritiba na Arena

Coxa saiu na frente com Rafhael Lucas, seu principal jogador na temporada, mas time catarinense mostrou eficácia e busco o triunfo com gols de Elicarlos e Roger
Compartilhe:

O primeiro objetivo da Chapecoense neste Campeonato Brasileiro é chegar aos 45 pontos para permanecer na elite por mais um ano. Objetivo que não é segredo para ninguém no clube. E se o primeiro triunfo no Brasileirão-2014 veio apenas na sétima rodada, nesta edição do torneio, o Verdão do Oeste tratou de vencer logo na primeira rodada. Mostrando eficácia, a Chape derrotou o Coritiba, de virada, por 2 a 1, neste sábado, na Arena Condá. Rafhael Lucas abriu o placar para o Coxa, que ja soma quatro derrotas consecutivas na temporada, mas Elicarlos e Roger garantiram o triunfo da equipe catarinense.

Chape de Hyoran levou a melhor sobre o Coxa de Luccas Claro (Foto: Chapecoense Oficial)
Chape de Hyoran levou a melhor sobre o Coxa de Luccas Claro (Foto: Chapecoense Oficial)

PRÓXIMOS JOGOS

O próximo compromisso da Chapecoense no Brasileirão será diante do Corinthians, adversário do próximo sábado, a partir das 21h, na Arena Corinthians. Antes, o Verdão do Oeste vai até Recife para, na quarta-feira, encarar o Sport, na Ilha do Retiro, às 22. Até mesmo uma derrota por um gol de diferença garantirá o time na terceira fase da Copa do Brasil.

Já o Coritiba, no próximo sábado, às 18h30, receberá o Grêmio, no Couto Pereira. Já na quarta, o Coxa receberá o Fortaleza, no mesmo Couto, a partir das 22h. Para avançar à terceira fase da Copa do Brasil, o time paranaense precisa vencer por 1 a 0 ou por dois gols de diferença.

COXA COMEÇA MELHOR, MAS CHAPE EQUILIBRA

O Coritiba ignorou o fato de atuar fora de casa e tratou de pressionar a Chapecoense nos primeiros minutos. Adiantando a marcação e valorizando a posse da bola, o Coxa, contando com a colaboração da marcação adversária, não tardou para abrir o placar. Após confusão na pequena área, Rafhael Lucas quase não conseguiu, mas venceu Danilo na terceira tentativa e, de cabeça, fez Coxa 1 a 0, logo aos três minutos. Foi o gol de número 14 do artilheiro, revelação e craque do Paranaense.

Trabalhando a bola com qualidade e utilizando com frequência a velocidade de Negueba pela direita e Carlinhos pela esquerda, o Coritiba seguiu tendo para si as rédeas do jogo, mas não soube transformar tal domínio em mais gols. Com o passar dos minutos, a Chapecoense conseguiu equilibrar o jogo. Com a transição melhor do meio para o ataque, o time cresceu. Roger, em finalização de primeira, testou os reflexos de Bruno. Pouco depois, aos 30, Elicarlos recebeu de Rafael Lima e finalizou. A curva da bola surpreendeu Bruno, que até tentou, mas não evitou o gol de empate.

EFICAZ, CHAPECOENSE VIRA COM ROGER

O cenário não se modificou na volta do intervalo. Contando com Thiago Galhardo – que havia entrado em campo aos 44 do primeiro tempo na vaga do lesionado Luccas Claro –, o Coritiba manteve a postura de valorizar a posse da bola na tentativa de encontrar o melhor momento de vencer a marcação rival. Hélder chegou a acertar o travessão de Danilo. Negueba, abusando das jogadas individuais, não conseguiu fazer a diferença e ainda ajudou a Chape a confirmar sua eficácia. Após erro do atacante, Gil recebeu de Bruno Silva e serviu Ananias. Ele deixou Roger na boa e o centroavante não teve a menor dificuldade para marcar seu 11º gol no ano, aos 20 minutos.

O Coritiba, com as entradas dos jovens Rodolfo e Matheus Oliveira bem que tentou, mas não teve a tranquilidade necessária para transpor a marcação da Chape. Chape que teve boa chance de ampliar em jogada de Apodi e soube controlar o ímpeto do rival garantindo três pontos logo em sua estreia.

FICHA TÉCNICA CHAPECOENSE 2 X 1 CORITIBA

Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Data-hora: 9/5/2015 – 18h30
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Auxiliares: Jesmar Benedito Miranda de Paula (GO) e Márcio Soares Maciel (GO)
Renda/Público: R$ 61.380,00/5.688 presentes.
Cartões amarelos: Leandro Almeida e Hélder (CTB); Rafael Lima e Bruno Silva (CHA)
Cartões vermelhos: Não houve.
Gols: Rafael Lucas, 3’/1ºT(0-1), Elicarlos, 30’/1ºT(1-1) e Roger, 20’/2ºT(2-1).
CHAPECOENSE: Danilo; Apodi, Rafael Lima, Vilson e Abuda; Elicarlos, Gil, Hyoran (Bruno Silva, 18’/2ºT) e Camilo (Maylson, 42’/2ºT); Ananias (Maranhão, 25’/2ºT) e Roger – Técnico: Vinícius Eutrópio.
CORITIBA: Bruno; Norberto, Luccas Claro (Thiago Galhardo, 44’/1ºT), Leandro Almeida e Welinton; Helder, João Paulo, Pedro Ken (Matheus Oliveira, 39’/2ºT) e Carlinhos; Negueba (Rodolfo, 31’/2ºT) e Rafael Lucas – Técnico: Marquinhos Santos.

LANCEPRESS!

Comentários

comentários