De licença médica da Assembleia, deputada passa por cirurgia nesta sexta

A deputada estadual Antonieta Amorim (PMDB) deve passar por cirurgia nesta sexta-feira no hospital Albert Einstein em São Paulo, após diagnosticada com aneurisma cerebral. Ela pegou licença médica de 15 dias da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul a fim de tratar da saúde.

Deputada Antonieta Amorim
Deputada Antonieta Amorim

Pelo regimento interno da Assembleia, caso haja necessidade, a deputada pode renovar a licença por mais 15 dias e assim sucessivamente. O suplente é chamado somente quando o período fora da Assembleia é superior a 120 dias.

Ex-mulher do ex-prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad (PTB), Antonieta tem 44 anos e foi eleita pela primeira vez em 2014 com mais de 21 mil votos. Até então ela era suplente do senador Waldemir Moka (PMDB).

Comentários

comentários