Cunha faz hoje sua defesa no Conselho de Ética da Câmara

O presidente afastado da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), faz na manhã de hoje (19) sua defesa no Conselho de Ética da Casa. O colegiado investiga quebra de decoro parlamentar de Cunha por supostamente ter mentido à extinta Comissão Parlamentar de Inquérito da Petrobras sobre a existência de contas no exterior em seu nome. A presença de Cunha encerra o período de oitivas e abre o prazo de dez dias para que o relator do processo, deputado Marcos Rogério (DEM-RO), apresente o parecer, que será lido e votado no Conselho de Ética.

download (3)

A expectativa da defesa de Cunha é que Marcos Rogério entregue o relatório antes mesmo do prazo final previsto, que seria o dia 30 de maio. O advogado Marcelo Nobre tem afirmado que vai recorrer à Comissão de Constituição de Justiça da Casa, presidida pelo também peemedebista Osmar Serraglio (PR), se o relator decidir incluir no texto a acusação de vantagens indevidas.

No último dia 5, o ministro Teori Zavascki, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, determinou o afastamento de Cunha do mandato de deputado federal e da presidência da Câmara. A decisão liminar atendeu a um pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que acusou Cunha de tentar interferir na condução das investigações da Operação Lava Jato.

Agência Brasil

Comentários

comentários