Criador é autuado em R$ 5 mil por manter aves ilegais em cativeiro

A Polícia Militar Ambiental está realizando fiscalização nos criadores amadores e comerciais de aves silvestres licenciados junto ao órgão ambiental. Essa fiscalização deve-se ao fato de que neste ano, o Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) repassou todo o controle desses criadores para o Estado. Dessa forma, apesar de este tipo de criação ser importante para minimização do tráfico de animais silvestres, precisa ser monitorado e fiscalizado para que não aconteçam fraudes. Vários criadores já foram fiscalizados na Capital, em Chapadão do Sul e Costa Rica.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Ontem (07), Policiais Militares Ambientais de Batayporã realizaram fiscalização em um criadouro amador de pássaros autorizado pelo órgão ambiental na cidade de Nova Andradina e apreenderam cinco pássaros da espécie curió, que estavam em situação ilegal. Entre as aves, apenas um pássaro constava no plantel do criador, o que é ilegal. As cinco aves e gaiolas foram apreendidas.

O proprietário dos pássaros, de 29 anos, residente em Nova Andradina, foi autuado administrativamente e multado de R$ 5.000,00. Ele também responderá por crime ambiental. Se condenado, poderá pegar pena de seis meses a um ano de detenção. Os pássaros serão encaminhados ao Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS), na Capital.

Comentários

comentários