Coronel David promete investimento e valorização para elevar Ideb na educação

davididebA proposta do candidato a prefeito Coronel David (PSC), da chapa “Por uma Campo Grande Melhor”, é concluir as obras paradas, investir no ensino integral e valorizar os professores e servidores administrativos para resgatar a qualidade do ensino. De acordo com o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), a evolução do Ideb campo-grandense nos últimos 10 anos foi o pior do país.

Nesta quinta-feira, o Inep divulgou o Ideb, o índice que avalia a qualidade na educação brasileira. A avaliação dos anos iniciais do ensino fundamental está estável desde 2011, quando a nota chegou a 5,0. Apesar de atingir a meta prevista pelo Ministério da Educação, a evolução da educação neste nível não deve atingir a pontuação ideal de 6, que é o mesmo dos países desenvolvidos. Pela atual projeção, o ensino pode chegar a 5,7 em 2021 na Capital.

A avaliação é pior no ensino fundamental nas séries finais, que ficou em 5,4 pontos em 2015, abaixo dos 5,8 alcançados em 2011 e abaixo da meta prevista pelo MEC, de 5,6.

Conforme a revista Veja, a evolução do ensino de matemática nas escolas públicas municipais de Campo Grande entre 2005 e 2015 ficou em último lugar no ranking nacional entre as capitais.

Nos últimos anos, os 105 mil estudantes da rede municipal sofreram com o atraso na entrega dos uniformes e kits escolares, com a falta de merenda e greves. Em 2015, a Reme teve a greve mais longa da sua história.

Para evitar transtornos às crianças e aos adolescentes, Coronel David pretende realizar licitação no ano anterior para realizar a entrega dos materiais no início das aulas. Ele vai realizar eleições diretas para escolher os diretores e adjuntos das escolas municipais. Além de investir em infraestrutura, vai valorizar os servidores administrativos e os professores. Ele vai cumprir a lei municipal que prevê o pagamento do piso nacional para jornada de 20 horas.

Educação

– concluir as obras paradas

– ampliar as vagas nas escolas de tempo integral

– garantir merenda de qualidade

– licitar no ano anterior para entregar uniformes e kits no início das aulas

– valorizar os professores e servidores administrativos

Comentários

comentários