Coronel David prevê transparência na Emha e casas para famílias com até três salários

O candidato a prefeito Coronel David (PSC), da chapa “Por Uma Campo Grande Melhor”, propõe construir casas para famílias com renda mensal de até três salários mínimos e condomínios para a terceira idade. A proposta visa combater o déficit habitacional na Capital e a falta de transparência no sorteio realizado pela Emha (Agência Municipal de Habitação).

Foto divulgação assessoria
Foto divulgação assessoria

A Capital voltou a registrar invasões de áreas públicas e privadas. Por um lado, sem condições de moradias dignas, moradores constroem barracos e criam novas favelas. Cerca de 50 mil pessoas estão inscritas na fila de espera da casa própria e algumas aguardam pela realização deste sonho há mais de 10 anos.

Levantamento da Fundação João Pinheiro, com base no Censo de 2010 do IBGE, revelou que o déficit de moradias era de 25,8 mil unidades em Campo Grande. Com a paralisação dos projetos nos últimos anos, o número de famílias sem casa é maior.

A principal proposta do Coronel David é construir casas para famílias com renda média de até três salários mínimos. Ele vai priorizar as mulheres vítimas de violência doméstica e construir condomínios para os idosos.

O candidato vai reformular a Emha para garantir transparência no sorteio de distribuição das casas. O órgão passa a ser mais efetivo na fiscalização das casas entregues para combater a venda e repasse das moradias para terceiros

Comentários

comentários