Coroa é por um ano, e amor, para toda a vida, diz miss após renunciar

Depois de renunciar à coroa do Miss Mundo Brasil 2015 por ser casada, a modelo capixaba Ana Luísa Castro, representante do estado de Sergipe no concurso, retornou ao Espírito Santo neste sábado (4).

Ana poderia interromper o processo de legalização do casamento, que foi feito no exterior, mas não quis  (Foto: Divulgação / Arquivo Pessoal)
Ana poderia interromper o processo de legalização do casamento, que foi feito no exterior, mas não quis (Foto: Divulgação / Arquivo Pessoal)

Ana Luísa contou que a renúncia foi voluntária e por amor. “A coroa seria por um ano, e meu amor é para o resto da vida”, disse.

A modelo abriu mão do título um dia depois de conquistá-lo, no dia 27 de junho, em Florianópolis. A organização do evento alegou que o estado civil da participante feria o regulamento interno do concurso.

Ana poderia interromper o processo de legalização do casamento, que foi feito no exterior, mas não quis. Com a decisão, o posto foi assumido pela segunda colocada.
Fui clara desde o início quanto ao meu casamento, eu fui muito honesta”

Ela contou ainda que deixou claro a todo momento sua situação matrimonial e que foi muito honesta com a coordenadoria do Sergipe. “Eu fui clara desde o início quanto ao meu casamento, eu fui muito honesta”, disse.

A modelo tem 23 anos e mora no bairro Jardim Camburi, em Vitória. Sobre representar o Sergipe no concurso, ela explicou que a oportunidade foi oferecida pela coordenadoria do estado. “Eu sou capixaba, mas o Espírito Santo é um pouco fechado para isso.”

CASAMENTO

Foi trabalhando como modelo internacional que Ana Luísa conheceu seu marido, o modelo belga Tanguy De Backer, de 30 anos. Na ocasião, os dois trabalhavam na China para a mesma agência internacional. “A gente se conheceu e, desde então, não nos separamos mais. Tentamos trabalhar no mesmo país para ficarmos juntos”, explicou Ana Luísa.

O casamento foi há um ano, na Bélgica. A modelo contou que eles já moravam juntos, mas decidiram se casar para se resguardarem legalmente, porque só ficavam como turistas por três meses em cada país. No momento, eles tentam legalizar a união tanto na Bélgica quanto no Brasil.

Ana Luísa explicou que renunciou porque não queria interromper o processo de legalização do casamento no Brasil. Ela contou que o marido deixou ela fazer a escolha, mas que ele considerou a decisão uma prova de amor.

“Não me arrependi de forma alguma. Eu sei que eu fiz uma escolha certa e não vou me arrepender disso nunca. Tenho certeza que as oportunidades vêm e vão, e a pessoa que eu amo não vai embora”, declarou a modelo.

“Essa questão eu considero arcaica, um pouco ultrapassada para o século 21. A mulher já se mostrou independente, já tem essa capacidade de lidar com as atividades profissionais. Eu não acho que o matrimônio atrapalharia nenhum tipo de trabalho. É uma regra que não condiz com o nosso tempo”, completou.

Essa questão eu considero arcaica, um pouco ultrapassada para o século 21. […] Não acho que o matrimônio atrapalharia nenhum tipo de trabalho”
Ana Luísa Castro, modelo

CARREIRA

Além de trabalhar há 11 anos como modelo e ter consigo diversos títulos de concursos de beleza, Ana Luísa cursa administração empresarial em uma faculdade de Vitória.

A modelo disse que pretende continuar a faculdade e fazer trabalhos que surgirem, já que atua com várias agências. Ela contou que estará no Vitória Moda Show, quando vai desfilar para três ou quatro marcas.

Seu primeiro desfile foi com 13 anos, quando se vestiu de noiva. “Nos últimos três anos, me tornei uma modelo internacional, comecei em uma viagem para China, agora fico no ‘bate-volta’ para o Brasil”, contou a modelo.

TÍTULOS

Ana Luísa Castro já foi eleita a mais bela no World Super model 2012; Miss Terra Espírito Santo 2010; Rainha do Chocolate 2010/09 ; Vice Miss Espírito Santo Juvenil; Miss Espírito Santo Elegância 2009; Beleza Espírito Santo Personalidade 2006.

G1

Comentários

comentários