Corinthians tem gol anulado e empata com Coritiba

Terra/JP

O Corinthians acertou apenas uma finalização, mas viu a arbitragem anular o gol de Jô em posição legal aos 42 minutos do segundo tempo e agora tem sua liderança ameaçada no Campeonato Brasileiro. Neste domingo de manhã, no estádio Couto Pereira, a equipe empatou por 0 a 0 com o Coritiba, que abriu a oitava rodada em terceiro lugar da tabela e agora também tem chances de perder sua posição.

Quem pode tirar a liderança do Timão é o Grêmio, que joga na segunda-feira, fora de casa, às 20h, contra o Cruzeiro. A equipe alvinetra volta a jogar na quinta, às 19h30, contra o Bahia. Já o Coritiba torce contra a Chapecoense, que entra em campo ainda neste domingo. O time de Pachequinho joga novamente na quinta, às 21h, contra o Grêmio.Em campo, o Corinthians se vangloriou por “saber sofrer” no último meio de semana, quando foi pressionado pelo Cruzeiro e saiu com a vitória por 1 a 0. Neste domingo, a receita foi repetida no primeiro tempo do Couto Pereira e quem comandou as ações foi o Coritiba. Haja sofrimento!

Os lances mais perigosos foram de Henrique Almeida, que recebeu de Rildo e chutou por cima da meta de Cássio, do próprio Rildo, que entrou na área em jogada de habilidade e foi desarmado por Pablo, de Jonas, que finalizou um rebote de Balbuena rente à trave, e de novo de Henrique Almeida, que exigiu boa defesa de Cássio ao sair da marcação de Pablo. Não é exagero dizer que só deu Coxa…

Para quem esperava o Corinthians mais agudo e ofensivo no segundo tempo, saiba que a realidade foi diferente: o Coritiba é que pressionou ainda mais e ampliou sua superioridade. Aos 21 minutos, Henrique Almeida recebeu passe de William Matheus pela esquerda e bateu de primeira, com força. Cássio nem reagiu, só olhou a bola passar rente à sua trave. O Coritiba chegava ao ataque e até ali o Corinthians não havia acertado uma única finalização.

Romero até balançou a rede aos 30, mas a arbitragem marcou impedimento no lance. Outro lance polêmico ocorreu aos 42, quando Jô tabelou com Maycon e concluiu a gol saindo de trás da linha da bola. A arbitragem anulou o lance e impediu o Timão de garantir a ponta da tabela por mais uma rodada.

Comentários

comentários