Corinthians atravessa maior jejum de vitórias em mais dois anos

A última vez que o Corinthians ganhou um jogo foi no dia 20 de abril, quando goleou o Cobresal por 6 a 0, em duelo válido pela fase de grupos da Libertadores. A derrota para o Vitória na Bahia fez esse jejum de triunfos chegar a cinco partidas.

Elias não vem fazendo boas apresentações pelo Timão (Foto: Divulgação )
Elias não vem fazendo boas apresentações pelo Timão (Foto: Divulgação )

Fazia mais de dois anos que o clube não passava tanto tempo assim sem vencer. Para encontrar uma série de tropeços tão longa quanto a atual, é preciso voltar ao início de 2014, em meio às rodadas iniciais do Campeonato Paulista.

Entre janeiro e fevereiro daquele ano, quando era comandado por Mano Menezes, o Corinthians enfileirou derrotas para São Bernardo, Santos, Ponte Preta e Bragantino. Em seguida, ainda empatou com Mogi Mirim e Palmeiras, antes de finalmente se reencontrar com a vitória em um jogo contra o Oeste fora de casa.

A julgar pelo o que declarou após a derrota na Bahia, o treinador Tite imagina que essa série corintiana sem vitórias pode estar próxima do fim. Algumas coisas que ele viu dentro de campo durante os 90 minutos o deixaram satisfeito.

“Em termos de criatividade, foi o melhor primeiro tempo que fizemos no ano. A equipe brincou de infiltrar e de criar oportunidades. Quando o time que produz não traduz, é penalizado. Foi o que aconteceu”, disse Tite.

O próximo capítulo da busca do Corinthians para voltar a vencer será na quinta-feira, diante da Ponte Preta, pela terceira rodada do Brasileiro. (UOL)

Comentários

comentários