Coordenador de Controle de Vetores alerta para “guerra” contra Chikungunya no Estado

Mauro Lúcio, Coordenador Estadual de Controle de Vetores. (Foto: Paulo Francis)
Mauro Lúcio, Coordenador Estadual de Controle de Vetores. (Foto: Paulo Francis)

A Secretária Estadual de Saúde de Mato Grosso do Sul, divulgou um boletim epidemiológico que divulgou os números em relação a Chikungunya em todo Estado. De acordo com as informações, até a última sexta-feira(4), foram registradas 119 notificações, sendo oito casos confirmados e 18 aguardando resultado.

Entre os municípios, o que registra maior número de notificações é a Capital, com 61 caos notificados, seguida por Corumbá com 18 casos.

Segundo o coordenador Estadual de Controle de Vetores, a situação que o Estado tem passado é muito preocupante, e a Secretaria de Saúde tem desenvolvido varias ações no sentido de conscientizar a população dos riscos de não tomarem os cuidados necessários no sentido de não deixar o mosquito se reproduzir.

“A preocupação é muito grande, nós estamos em guerra mesmo, e essas ações fazem parte de um plano de contingencia, como uma forma de minimizar o impacto dessa doença” explica.

O coordenador frisa que o plano de mídia já está sendo divulgado nos 79 municípios, além do abastecimento com fumacês,bombas costais e inseticidas, e um plano de contingencia Estadual já esta sendo realizado.

“O fumacê é o último recurso, o que nós mais incentivamos nas cidades é realmente o trabalho mecânico, com a retirada de todos os recipientes que possam acumular água” frisa.

 Paulo Francis

Comentários

comentários