Contrabandistas de cigarro são alvos de operação da PF em Mato Grosso do Sul

A Polícia Federal iniciou na manhã desta quinta-feira (1º) a operação ‘Retaliação’, cujo objetivo é combater o contrabando de cigarros.

contcig

A ação foi deflagrada em Três Lagoas, leste do Estado, e tem o objetivo de desarticular uma organização criminosa que utiliza o município como entreposto e base logística para a venda de cigarros adquiridos no Paraguai.

Segundo o Portal G1/MS, o grupo fazia uso de depósitos clandestinos na periferia da cidade para armazenar os carregamentos de cigarros, que depois eram transportados e revendidos em lojas aparentemente regulares.

De acordo com a PF, o nome da operação é uma alusão à maneira cada vez mais ousada com que o grupo atuava, desprezando a lei e desdenhando do Poder Judiciário e das forças policiais da região.

A ação envolve aproximadamente 45 policiais. Além de agentes federais, policiais rodoviários federais e policiais militares estão envolvidos.

Foram expedidos pela 1ª Vara da Justiça Federal em Três Lagoas, três mandados de prisão e 12 mandados de busca e apreensão, todos para Três Lagoas.

Os presos serão conduzidos para a Delegacia da Polícia Federal em Três Lagoas, onde serão ouvidos e mantidos sob custódia. Todos ficarão presos à disposição da Justiça Federal, que determinou também o bloqueio de 11 contas bancárias de integrantes da organização.

Conforme a PF, os investigados vão responder por contrabando e formação de organização criminosa.

Comentários

comentários