Confusa, Conmebol muda versão e diz que Neymar está suspenso por um jogo

Em comunicado totalmente confuso, a Conmebol emitiu no início da tarde desta quinta-feira nota em que afirmou que Neymar teria de cumprir, previamente, dois jogos de suspensão por ter recebido o segundo amarelo e também o vermelho direto por indisciplina na derrota por 1 a 0 contra a Colômbia, quarta-feira, pela Copa América, no Chile.

Neymar foi expulso após o término do jogo
Neymar foi expulso após o término do jogo

Minutos após ter publicado a versão que confirmava o informado dada pela entidade após a partida e o que está previsto em seu próprio regulamento, porém, o site atualizou a informação e mudou tudo: Neymar, agora, segundo a Conmebol, só está suspenso por uma partida.

Ainda segundo o confuso comunicado da Conmebol, a decisão sairá nesta sexta-feira. Caso Neymar não seja suspenso por dois jogos, a Conmebol irá contrariar seu próprio regulamento, que prevê que um jogador expulso diretamente na Copa América acumule a suspensão por cartões amarelos.

Agora, com o novo comunicado, abre a possibilidade de Neymar ser absolvido e jogar uma hipotética quartas de final pelo Brasil.

O Tribunal Disciplinar da Conmebol deu prazo de 24 horas para que a CBF apresente a defesa de Neymar. O atacante foi relatado na súmula pelo chute na bola que acertou Pablo Armero, segundo apontado pelo presidente do Tribunal Disciplinar da entidade, o brasileiro Caio Rocha. Ele poderia pegar gancho pesado em virtude da confusão gerada em campo.

Somente depois que a Conmebol receber o recurso da CBF é que decidirá se irá instaurar processo contra Neymar e se manterá ou modificará a punição. Uma decisão definitiva sairá nesta sexta-feira segundo informado pela Conmebol.

A única certeza no momento é que Neymar está suspenso por uma partida, contra a Venezuela, domingo, pela última rodada da fase de grupos da Copa América. O outro jogo possível de gancho, caso assim decida a Conmebol, será cumprido se o Brasil alcançar as quartas de finais da competição.

Apesar de a Conmebol antes ter dito que Neymar estava suspenso por duas partidas, e de o Tribunal confirmar provisoriamente, o próprio presidente do juizado da entidade, Caio Rocha, afirmou que o regulamento não é claro no sentido de punir por dois jogos. Na interpretação dele, Neymar deve pegar um jogo de suspensão.

UOL

Comentários

comentários