Confraria realiza show beneficente para pagar plano de saúde ao menino torturado pelos tios

O idealizador do movimento, músico e confrario, Tiago Alen. (Foto: Paulo Francis)
O idealizador do movimento, músico e confrario, Tiago Alen. (Foto: Paulo Francis)

No próximo domingo (06), a Confraria Floydstock, formada por músicos, jornalistas e empresários, realizará a partir das 17h, no Blues Bar, em Campo Grande, um show beneficente que tem o objetivo de arrecadar fundos para pagar um plano de saúde ao menino de 4 anos de idade que foi torturado pelos tios.

O evento, que não tem horário definido para termino, não tem um valor fixo para a entrada e cada frequentador poderá ajudar com a quantia que quiser além do bar estar recebendo doações de materiais de higiene, roupas e brinquedos que serão entregues ao abrigo após a alta hospitalar.

O show fica por conta de mais de 10 bandas musicais que dispensaram o seu cachê em beneficio da causa. Irão se apresentar as bandas Haiwana, Pulse, Brown Dino, Shuffle 67, Big Mama, Inexperience, Aristocats, One Way, entre outas que prontificarem até o dia do evento.

Segundo um dos idealizadores da causa, o músico Tiago Alen, o movimento surgiu a partir da comoção social causada, devido à intensidade de agressões que a criança sofreu. Ele explica que de imediado fez a proposta aos amigos de fazer algo para ajudar e todos prontamente aceitaram.

“Através da mobilização, nós conseguimos uma bolsa de estudos de uma escola particular da Capital que se encarregará do da sua formação até o segundo grau, conseguimos todo o tratamento psiquiátrico e psicológico necessário e agora estamos lutando pelo plano de saúde e materiais de higiene, em muitos abrigos a quantidade é precária”, explica.

Tiago destaca que tudo o que foi conquistado ate agora para o menino já esta anexado no processo dele, e isso não pode ser burlado e família que for adotá-lo devera cumprir o que foi estabelecido até que a juíza determine que ele possa ter a opção de escolha junto com a família.

As pessoas que quiser contribuir com os materiais citados acima ou com valores em espécie, mas que por algum motivo não poderão comparecer ao local, os contrários estarão se organizando para ir até as residências ou empresas para buscar as doações. Para saber mais informações basta acessar a pagina da Confraria Floydstock no facebook, ou através do telefone (67) 8109-0986.

Paulo Francis

Comentários

comentários