Confiança na vitória de Trump cai entre os republicanos; aceitação de Hillary aumenta

Mais republicanos acreditam agora que a candidata democrata à Presidência dos Estados Unidos, Hillary Clinton, vencerá a eleição do que os que apostam em Donald Trump, com o candidato de seu partido enfrentando dificuldades incluindo alegações de assédio sexual e sugestões de que pode não honrar o resultado da votação.

O candidato republicano Donald Trump observa a democrata Hillary Clinton ao fim de debate na Universidade de Las Vegas, Nevada, em 19 de outubro (Foto: Mike Blake/Reuters)
O candidato republicano Donald Trump observa a democrata Hillary Clinton ao fim de debate na Universidade de Las Vegas, Nevada, em 19 de outubro (Foto: Mike Blake/Reuters)

Uma pesquisa Reuters/Ipsos divulgada nesta quarta-feira (26) e conduzida entre 20 e 24 de outubro revelou que 41% dos republicanos acham que Hillary vencerá as eleições de 8 de novembro, ante 40% que escolheram Trump.

Os números refletem uma queda acentuada na confiança em relação ao mês passado, quando 58% dos republicanos disseram que pensavam que o candidato de seu partido venceria, ante 23% que esperavam uma vitória de Hillary.

Dentre os apoiadores de Trump, 49% disseram na pesquisa mais recente que acreditavam que Trump venceria, uma queda em relação aos 67% que sentiam o mesmo no começo do mês.

Apesar do crescente pessimismo, Trump, que está atrás de Hillary nas pesquisas de opinião nacionais, ainda conta com grande apoio dos membros de seu partido. Cerca de 79% dos prováveis eleitores republicanos disseram que votarão nele.

Muitos disseram que seu apoio se fundamentava na expectativa de que ele promoveria uma agenda conservadora no Congresso e nomearia juristas conservadores ao Supremo Tribunal.

Comentários

comentários