Confaz autoriza aumento na pauta dos combustíveis em MS

O preço do combustível deve ficar mais caro para o consumidor a partir de novembro em Mato Grosso do Sul após o Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária) autorizar o reajuste da pauta para o Estado e outras unidades da federação, no final da semana passada. O anuncio veio uma semana após ser divulgado por parte da Petrobras da redução de 2,7% no preço do diesel e 3,2% no da gasolina nas refinarias.

Com a redução, a intenção era de que o valor ficaria R$ 0,05 mais barato para o consumidor, o que de fato não aconteceu.

Porém, de acordo com o publicado Diário Oficial da União para Mato Grosso do Sul, o combustível terá um reajuste de R$ 0,04 para a gasolina (de R$ 3,553 para R$ 3,590), óleo diesel R$ 0,06 (de R$ 3,207 para 3,2604) e o diesel S10, R$ 0,02 (de R$ 3,3886 para R$ 3,407). O etanol hidratado deve ter a maior elevação de preço R$ 0,13 (de R$ 2,697 para 2,828).

A pauta do combustível é o valor base utilizado pelo governo para o calculo dos tributos. Ou seja, quanto maior a pauta, o imposto aumenta, repassando o impacto ao consumidor final.

Comentários

comentários