Condutora capota veículo ao furar sinal vermelho na Júlio de Castilho

A condutora de um veículo Fiat Siena placa HTI 7941, de Campo Grande, colidiu com ônibus do transporte coletivo e capotou na avenida Júlio de Castilho, no cruzamento com a rua Gravatá, no bairro Silvia Regina, por volta de 09h desta segunda-feira (29).

Condutora foi socorrida sem ferimentos graves Foto Silvio Ferreira
Condutora foi socorrida sem ferimentos graves Foto Silvio Ferreira

Após a colisão, a motorista perdeu o controle da direção, atingiu um poste e capotou, parando com a lado do condutor no solo. A vítima, de 38 anos, saiu do carro sem ajuda e não sofreu ferimentos graves.

O para-choque do ônibus chegou a cair, por conta da batida.Foto Silvio Ferreira
O para-choque do ônibus foi arrancado pelo impacto. – Foto Silvio Ferreira

Nossa equipe chegou ao local do acidente no momento em que a condutora – que não teve o nome divulgado – era imobilizada e colocada em uma maca, em uma viatura do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu), consciente e orientada.

O marido da vítima, 41, contou que a esposa trafega pelo caminho todos os dias para ir ao trabalho e não soube dizer o que acarretou o acidente.

De acordo com um funcionário do Consórcio Guaicurus, que não quis se identificar: “a condutora ignorou o sinal vermelho no cruzamento e bateu no ônibus que cruzava a avenida para entrar no Terminal Júlio de Castilho”, afirmou.

Ainda de acordo com um funcionário do Consórcio Guaicurus, “o risco de acidente no cruzamento é constante porque além de ignorarem o semáforo, os condutores ainda olham apenas para a saída de ônibus do terminal e se esquecem que pela rua Gravatá cruzam ônibus que estão chegando ao terminal, vindo da região do Jardim Petrópolis e Imá”, esclareceu.

Silvio Ferreira com Jackson Nogueira

Comentários

comentários