Concurso propõe a estudante de até 15 anos escrever uma carta para si mesmo aos 45

Foto Divulgação
Foto Divulgação

Escrever uma carta para você mesmo ler aos 45 anos de idade é a proposta do 45º Concurso Internacional de Redação e Cartas, promovido pela União Postal Universal (UPU). Com sede na Suíça, a organização estimula, com o concurso, a criatividade e o conhecimento linguístico em crianças e adolescentes de mais 191 países. No Brasil, há seis anos, a inciativa encontrou no Ministério da Educação e nos Correios o apoio necessário para ser realizada.

Alunos com até 15 anos de idade, das redes pública e particular, podem participar dessa experiência. As redações devem ser enviadas pelos Correios, com a ficha de inscrição assinada pela escola, até o dia 17 próximo. Cada instituição pode indicar apenas duas redações para concorrer na etapa estadual.

Vencedora da etapa nacional e terceira colocada na fase internacional na edição do ano passado, a Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Carlos Drummond de Andrade, localizada no município de Cacoal, em Rondônia, já está se preparando para a edição desse ano.

De acordo com o diretor da instituição, Celso Silveiro, 47 anos, mais de cem redações são examinadas pela banca formada por professores da escola. “Já estamos nos preparando. Os professores estão trabalhando com os alunos técnicas de redação e o tema para este ano. Estamos nos organizando para apresentar boas redações. Esperamos ter o mesmo êxito do ano passado”, afirma Celso, diretor há 15 anos da instituição.

Este ano, a proposta do concurso é gerar uma autorreflexão, sem limites para a imaginação. A sugestão é abordar temas como política, religião, artes e descobertas científicas, mas é possível descrever como o autor se sente. Escritas em português e a mão, com caneta de tinta preta ou azul e, preferencialmente, em folha pautada, indicada pelos Correios, as redações devem ser argumentativas e apresentadas no modelo de carta internacional. É importante começar sempre com uma saudação, incluir endereço do destinatário e remetente e, ao final, despedida e assinatura.

Premiação — Dividido nas etapas escolar, estadual, nacional e internacional, o concurso oferece, além dos tradicionais certificados, premiação variada. Na fase estadual, os primeiros colocados receberão R$ 1 mil; as escolas, R$ 2 mil. Na etapa nacional, ambos ganharão troféus. Além disso, a escola receberá R$ 10 mil; o aluno, R$ 5 mil. O estudante ganhará ainda uma viagem a Brasília, com acompanhante, para participar da premiação nacional.

Na fase internacional, os três classificados receberão medalhas. Para a categoria ouro haverá uma premiação especial, a ser anunciada no momento da entrega.

O regulamento e o formulário da redação, a ficha de inscrição e o endereço para o envio das redações estão na página dos Correios na internet.

Comentários

comentários