Comércio da Capital espera movimentar mais de R$ 44 milhões no Dia dos Pais

O Dia dos Pais, comemorado no segundo domingo de agosto, vai aquecer a economia estadual com R$ 161,7 milhões em compras. O volume é menor que o de 2014, (R$ 172 milhões) especialmente quando considerada a inflação.

Pesquisa revela que 835 dos consumidores pretendem comprar presentes no Dia dos Pais
Pesquisa revela que 835 dos consumidores pretendem comprar presentes no Dia dos Pais

O montante a ser injetado no comércio campo-grandense é de R$ 44.655 milhões, um aumento de R$ 3.245 milhões em comparação ao ano passado, quando os números foram de R$ 41.410 milhões.

“É um reflexo do ânimo do consumidor com a instabilidade econômica, provocada pela inflação alta, juros alto e redução do crédito, afetam à disposição do consumidor em gastar, desacelerando o consumo e impacta no varejo e no serviço”, explica o presidente do Instituto de Pesquisa Fecomércio-MS (IPF-MS), Edison Araújo.

A pesquisa é do IPF-MS em parceria com a Fundação Manoel de Barros, Universidade Anhanguera-Uniderp e Sebrae-MS. Foram entrevistadas na pesquisa 2.007 pessoas, durante o período de 10 a 18 de julho de 2015, com nível de confiança de 95%.

Aproximadamente, 78% da população economicamente ativa irá às compras, gastando R$ 130 por presentes, 69% podendo comprar um presente e 30% até três presentes para presentear o pai (64%), esposo (16%), sogro (9%) e namorado (3%).

A preferência de pagamento das compras será à vista. Esta é a escolha de 46% dos compradores que pagarão com dinheiro ou cartão de débito, somado a mais 7% que utilizarão o cartão de crédito.

Como tem ocorrido na intenção de compra nas pesquisas anteriores para o Dia dos Pais, pais, esposos, sogros e namorados deverão ganhar muitos presentes uteis. As escolhas em dar presente recaem em roupas (29%), os perfumes (15%) e os calçados (17%), como os principais presentes.

A maioria dos entrevistados disse que pretende passar o Dia dos Pais em casa (80%), outros 10% irão a restaurantes. Ficar em casa ou ir ao restaurante também ativará o comércio de alimentos, bebidas e serviços que poderão agregar algo mais aos valores estimados em presentes no Dia dos Pais.

Comentários

comentários