Com quase meia tonelada de maconha, traficante tenta despistar polícia usando a própria mãe

Alessandro Batista da Silva, 34 anos, foi preso no final da tarde de ontem (12), após ser flagrado com 443 quilos de maconha em Caarapó. A droga estava escondida em uma carreta Mercedes LS-1938. Ele tentou usar a própria mãe para despistar os policiais.

De acordo com o site Dourados News, por volta das 17h20, Alessandro estacionou o veículo no prolongamento da avenida Presidente Vargas, próximo a Coamo de Caarapó, quando foi abordados pela polícia. Os policiais pediram para vistoriar a carreta, mas Alessandro disse que sua mãe, uma mulher de 55 anos que estava deitada na parte de trás do veículo, não poderia levantar porque estava com o pé machucado.

Mesmo com a negativa, os policiais suspeitaram e verificaram a parte traseira da carreta. Em um compartimento falso, foram encontrados 443 kg de maconha que estavam divididas em 430 tabletes.

Foto: Osvaldo Duarte
                                           Foto: Osvaldo Duarte

Alessandro afirmou que teria ido para a cidade de Amambai para realizar um frete e ao chegar lá o trabalho não deu certo. Segundo ele, na cidade ele foi parado e recebeu a proposta de levar a droga para Caarapó. Ele receberia R$ 10 mil pelo transporte da mesma.

O traficante foi autuado em flagrante pelo crime de tráfico de drogas. Após ouvir a mãe do motorista a polícia constatou que ela não tem ligação com o crime praticado pelo filho e a liberou.

Comentários

comentários