Com pai preso após acidente, Cavani tem presença incerta na Copa América

O pai do atacante Edinson Cavani, Luis Cavani, foi preso após se envolver em grave acidente de trânsito na noite de segunda-feira, no Uruguai.

Reportagem do jornal El País mostra como acidente envolvendo pai de Cavani. O motociclista morreu
Reportagem do jornal El País mostra como acidente envolvendo pai de Cavani. O motociclista morreu

Um motociclista de 19 anos morreu na colisão. A notícia abalou o jogador, que pode se desligar do elenco uruguaio na Copa América.

O jornal uruguaio El País informa que Cavani não tem presença confirmada para o jogo contra o Chile, quarta-feira. O atacante participará do treino de reconhecimento, nesta terça, do campo do Estádio Nacional, palco do duelo de quarta.

Cavani negocia a possibilidade de deixar o Chile rumo ao Uruguai depois do treino. O técnico do Uruguai, Óscar Tabarez, declarou nesta terça que Cavani avaliará na quarta-feira à tarde se deixará a competição.
“Vamos ver como tudo corre. O Cavani tem a liberdade de decisão”, disse Tabarez.

O mais provável é que Cavani não enfrente o Chile. Se o Uurguai avançar às semis, Cavani retorna ao time.

Pai de Cavani estava alcoolizado no momento do acidente

Exame feito logo após o acidente constatou que o pai de Cavani estava embriagado quando dirigia a caminhonete. A batida que vitimou um jovem ocorreu em uma avenida a dois 2km da cidade de Salto, no Uruguai. O motociclista morreu horas depois do acidente.

UOL

Comentários

comentários