Com muitos desentendimentos, batidas e abandonos, Ricciardo vence GP do Azerbaijão

Gazeta Press

O GP de Baku, no Azerbajão, foi palco de uma verdadeira corrida maluca da Fórmula 1. Teve tensão, bandeira vermelha e um pódio inusitado. Melhor para Daniel Ricciardo (Red Bull), que ficou com a vitória neste domingo, a sua quinta na carreira e a primeira nesta temporada.

Já Lance Stroll (Williams), de 18 anos, terminou no terceiro lugar e conquistou seu primeiro pódio, logo em sua campanha de estreia na modalidade. Com 18 anos e 239 dias, ele tornou-se o calouro mais jovem a subir no pódio na história da competição. O canadense, aliás, estava em segundo até a volta final, mas na chegada acabou ultrapassado por Valtteri Bottas, da Mercedes.

O dia poderia ter sido ainda melhor para a Williams, já que Felipe Massa fazia ótima corrida e até brigava pelas primeiras posições, tendo até figurado em terceiro, Porém, acabou tendo um problema no carro, foi aos boxes e precisou abandonar na 27ª volta.

“Tive um problema no carro. Algo quebrou na suspensão. O carro começou a balançar. Foi uma pena. Porque estava fazendo uma corrida espetacular. Tudo caminhava para um pódio”, disse o brasileiro à TV Globo.

Já Sebastian Vettel (Ferrarri), que é o líder do Mundial, teve um dia de fúria e terminou na quarta colocação, uma à frente de Lewis Hamilton (Mercedes), que saiu na pole.

A corrida ficou marcada por uma série de acidentes, que, inclusive, causaram uma bandeira vermelha devido ao excesso de resíduos pela pista. O carro de segurança entrou pela primeira vez para tirar o carro do russo Daniil Kvyat (Toro Rosso); depois, o safety car voltou a entrar por causa de peças caídas da Ferrari de Kimi Raikkonen.

Isso sem mencionar que já na largada Kvyat saiu da pista e, ao retornar, quase acertou o companheiro de equipe, Carlos Sainz Jr., que rodou. Muy amigo!

Lewis Hamilton liderava a corrida, quando o safety car entrou de novo. Neste momento, Vettel bateu na traseira de sua Mercedes. Irritado, o alemão ainda jogou o carro propositalmente no bólido do britânico, batendo rodada com roda, além da troca de gestos de indignação. Por conta disso, o piloto da Ferrari foi punido com 10s parado nos boxes.

No Mundial, Vettel segue na ponta com 153 pontos, com Hamilton em segundo, com 139.

Além disso, vale destacar que Fernando Alonso terminou na nona colocação e somou os dois primeiros pontos da McLaren em 2017.

O próximo compromisso da Fórmula 1 acontece daqui duas semanas, com o Grande Prêmio da Áustria.

Comentários

comentários