Com conscientização, Governo prevê economia de até 40% na conta de água

Para garantir o cumprimento de uma série de medidas de redução de custos, o Governo de Mato Grosso do Sul, por meio da secretaria de Administração e Desburocratização tem investido em novas parcerias com objetivo de levar aos servidores, informações sobre o uso consciente de água.

Carlos Alberto de Assis, secretário de Administração e Desburocratização
Carlos Alberto de Assis, secretário de Administração e Desburocratização

Com a empresa Águas Guariroba, responsável pelo abastecimento de água e tratamento de esgoto em Campo Grande, a parceria vai levar 14 apresentações, do espetáculo teatral Aventuras no Mundo Encanado aos presídios da capital.

A primeira unidade a receber o projeto foi o Ptran (Presídio de Trânsito), com a apresentação, da peça teatral encenada pelo grupo Florescer do Cerrado. O espetáculo utiliza bonecos e, de forma lúdica, apresenta o impacto das ações humanas na natureza e como cada um pode fazer a sua parte para preservar a água – recurso natural essencial à vida no planeta.

Além do trabalho de conscientização, a parceria prevê apoio e orientação da concessionária para identificar eventuais fontes de desperdício com vazamentos internos.

Titular da pasta, o secretário de Administração e Desburocratização, Carlos Alberto de Assis explica que a intenção do Governo é economizar entre 20% e 40% do consumo de água nos órgãos estaduais, através do consumo consciente.

“Estamos desenvolvendo políticas transversais, envolvendo novos parceiros. É de fundamental importância a busca pelo consumo consciente da água, não só pela população carcerária, e sim por todos os servidores”, comenta Assis.

“Também estão sendo realizados concursos entre os pavilhões em cada estabelecimento prisional, com premiações doadas pela empresa Águas Guariroba aos que mais conseguirem economizar”, afirma o diretor-presidente da Agepen, Ailton Stropa Garcia.

Segundo o diretor, as entregas dos prêmios estão programadas para períodos próximos a três datas especiais deste ano: Dia dos Pais, Dia das Crianças e Natal. Cada diretor de unidade penal ficou responsável por traçar estratégias junto aos internos.

Além do Presídio de Trânsito, a Penitenciária de Segurança Máxima, o Instituto Penal de Campo Grande, o Centro de Triagem e o Centro Penal Agroindustrial da Gameleira participarão do projeto.

“Este trabalho tem duas principais finalidades: além da conscientização ambiental, é uma oportunidade de levar atividades culturais e entretenimento para as pessoas que estão nos presídios de Campo Grande”, afirma Willian Carvalho, gestor de Projetos Sociais da empresa Águas Guariroba.

Comentários

comentários