Com apoio do IEL, Junior Achievement premia as Miniempresas de 2016

Foto Divulgação
Foto Divulgação

Com objetivo de despertar o espírito empreendedor nos jovens, a Junior Achievement de Mato Grosso do Sul, com apoio do IEL e demais entidades do Sistema S, promoveu, na noite da última terça-feira (01), no auditório do Colégio Dom Bosco, em Campo Grande (MS), a cerimônia de premiação dos estudantes que participaram da edição 2016 do Programa de Educação Empreendedora.

Neste ano, estudantes de dez colégios das redes públicas e privadas foram treinados ao longo de 18 semanas e, neste período, montaram miniempresas que desenvolveram produtos e aprenderam como se posicionar no mercado para torná-los comercializáveis.

Segundo o presidente da Junior Achievement de Mato Grosso do Sul, Julião Gaúna, que também preside o Sindigraf/MS, Abigraf/MS e o Cores (Conselho Temático Permanente de Responsabilidade Social e Empresarial) da Fiems, desenvolver o jovem significa desenvolver a sociedade como um todo e o projeto contribui nesse sentido.

“Essa é uma iniciativa que já está em Campo Grande há 11 anos e a cada ano temos a certeza de que temos feito nossa parte para o crescimento e desenvolvimento dos jovens. A cada ano também vem aumentando a união dos parceiros, que estão acreditando mais no projeto. Juntos, vamos desenvolver a indústria e também outros setores, como comércio e serviços”, declarou Julião Gaúna.

Já o superintendente do IEL, José Fernando do Amaral, afirma que o Instituto seguirá como parceiro da Junior Achievement e contribuirá como puder para fomentá-lo ainda mais em Mato Grosso do Sul. “É um grande orgulho para o IEL fazer parte desta família da Junior Achievement porque os princípios e objetivos são os mesmos, ou seja, desenvolver os jovens. O IEL sente-se gratificado em participar desse projeto e penso que deveríamos, inclusive, ter entrado antes”, afirmou.

A diretora-executiva da Junior Achievement no Estado, Lucilene Couto, explicou que uma turma se forma por ano no âmbito do projeto. “Fazemos uma turma por ano e, com isso, temos a certeza de estar contribuindo para uma sociedade que busca o progresso por meio do trabalho. Nós focamos nos jovens para construir um novo Brasil”, disse.

Tendo como paraninfa da turma deste ano a diretora-técnica do Sebrae/MS, Maristela França, foram premiados os alunos do Colégio Oswaldo Tognini, com a miniempresa Aurora, do Colégio Raul Sans de Matos, com a miniempresa Polster, do Colégio Status, com a miniempresa I9 Pet, do Instituto Mirim, com as miniempresas Lumos, Amplicel Mix e Pampuff, do Colégio Tic Tac & Instituto Penrabel, com a miniempresa Tel, do IFMS (Instituto Federal do Mato Grosso do Sul), com a miniempresa Livrai-nos, da Escola Estadual Hércules Maymone, com a miniempresa Abnara, e da Escola Estadual Joaquim Murtinho, com a miniempresa Jmarch.

Também foram premiados os estudantes que mais se destacaram em cada miniempresa pelas características empreendedoras e de vendas, além de haver uma apresentação dos finalistas do Show de Talentos do Desafio Nexa, Eloah Toledo, Gabriel Barbosa e Luana dos Anjos.

Comentários

comentários