Com apenas 31% das declarações feitas em MS, IR deve ser entregue até dia 29

O Delgado da Receita Federa Flávio de Barros da Cunha, durante entrevista no programa Capital Meio Dia. (Foto: Paulo Francis)
O Delegado da Receita Federa Flávio de Barros da Cunha, durante entrevista no programa Capital Meio Dia. (Foto: Paulo Francis)

Faltam apenas 18 dias para o termino do prazo de entrega do Imposto de Renda 2016. De acordo com a Receita Federal as entregas foram iniciadas no dia 1 de março e se encerram no dia 29 de abril.

Apesar do de estar bem próximo do termino, somente 31% dos contribuintes do estado de Mato Grosso do Sul entregaram a declaração, sendo que a previsão é de 382 mil declarações previstas.

Devem efetuar a declaração os contribuintes que se enquadram em algum dos 10 critérios de obrigatoriedade. Os principais são os casos daquele contribuinte que auferiu no ano de 2015 rendimentos tributados com valores acima de 28 mil reais, outro critério bastante comum é para quem adquiriu bens até o final de 2015 com valor superior a 300 mil reais, e para quem tem rendimentos isentos superiores a 40 mil reais.

Conforme explicou o Delegado da Receita Federal, Flávio de Barros Cunha, durante entrevista na tarde de hoje (11), ao portal de notícias Página Brazil, não é recomendado que as pessoas deixem para fazer a declaração no último dia pois, historicamente o número de declarações a serem entregues neste dia é muito grande.

“Só para ter uma ideia no último dia (29), são esperados mais de 12% das declarações do Brasil, isso em números absolutos são esperados 3,5 milhões de declarações neste dia”, explica.

Flávio conta que este ano tem algumas mudanças na forma da declaração, uma delas é a obrigatoriedade de dependentes com idades superiores a 14 anos de informar o número do CPF, outra novidade é para os profissionais da área de saúde e também advogados, alem do registro profissional desses profissionais terem que ser informado na declaração há a necessidade de informar o CPF das pessoas para quem eles prestaram os serviços.

Para quem tem alguma duvida em relação de como proceder com o processo de declaração do Imposto de Renda 2016 deve acessar o site www.receita.fazenda.gov.br, lá o contribuinte vai encontrar todas informações necessárias e também um “perguntão” com diversas perguntas e respostas relativos ao tema.

Paulo Francis

Comentários

comentários