CNPq lança chamada de propostas direcionadas a pesquisas sobre o vírus Zika

Foto Divulgação
Foto Divulgação

Reverberando as preocupações veiculadas pelo alerta epidemiológico da Organização Panamericana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) acerca do vírus Zika e da crescente incidência de anomalias congênitas em recém-nascidos, da síndrome de Guillain-Barré e de outras síndromes neurológicas e autoimunes possivelmente relacionadas ao referido vírus e ao mosquito Aedes aegypti, o projeto europeu ERANet-LAC, do qual o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) participa, demonstra interesse imediato em fomentar iniciativas direcionadas à pesquisa específica sobre o vírus Zika e temas correlatos por meio de sua 2ª Chamada Conjunta, lançada em 1º de dezembro de 2015 e com inscrições abertas até 10 de março de 2016.

Deste modo, os coordenadores brasileiros de propostas a serem submetidas à 2ª Chamada Conjunta do ERANet-LAC estão sendo convidados a apresentarem projetos de pesquisa no tópico 8 – SAÚDE: Pesquisa em prevenção de doenças infecciosas e promoção do bem-estar, de modo a participarem de atividades de pesquisa, no âmbito da mencionada chamada, que reforcem o espectro de estudos em andamento a lidar com a crescente incidência do zika vírus e situações correlatas. A solicitação da Coordenação do projeto ERANet-LAC segue recomendação da Diretoria-Geral de Pesquisa e Inovação da Comissão Europeia (DG Research and Innovation), instituição financiadora do projeto ERANet-LAC.

Mais informações sobre a 2ª Chamada (tais como critérios de elegibilidade, formas de submissão e apoio financeiro por parte do CNPq) estão disponíveis em: http://eranet-lac.eu/Joint_Calls.php ou neste link.

Comentários

comentários