Clipes de David Bowie batem recorde de visualizações após sua morte

Foto Ron Frehm 9 janeiro de 97 AP
Foto Ron Frehm 9 janeiro de 97 AP

O cantor britânico David Bowie bateu o recorde de visualizações em seus clipes no dia em que sua morte foi anunciada, informou o site Vevo nesta quinta-feira (14).

Segundo a página, que fornece vídeos patenteados por selos musicais no YouTube e outras plataformas, os clipes do cantor registraram 51 milhões de visitas na segunda-feira (11), dia em que sua morte foi divulgada pela família em mensagem nas redes sociais.

O site constatou o número mais alto de visitas ao catálogo de um artista, superando o recorde de sua compatriota, a cantora Adele, cujos vídeos foram vistos 36 milhões de vezes em 23 de outubro, quando ela lançou o álbum “Hello”.

Com mais de 20% do total de visitas, o vídeo mais visualizado de Bowie foi “Lazarus”, de seu último álbum “Blackstar”.

Lançado dois dias antes de sua morte, o vídeo passou a ser visto como uma despedida do músico, por mostrá-lo em um leito de hospital, cantando frases como “I’ll be free / Just like that bluebird” (Serei livre, como aquele pássaro azul).

Bowie morreu aos 69 anos no domingo (10), após lutar reservadamente por 18 meses contra um câncer.

Durante sua carreira, o cantor passou do rock ao soul, da música eletrônica ao jazz, e foi ainda um aclamado ator, que interpretou seus clipes com entusiasmo quando emergiu na MTV na década de 1980.(Folha.com)

Comentários

comentários