CineMIS exibe clássicos do cinema que abordam a dança

Grandes clássicos do cinema que abordam a dança estarão presentes na seleção de longas exibidos pelo Museu da Imagem e do Som da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul de 13 a 17 de abril (segunda a sexta), sempre a partir das 19 horas. A entrada, como sempre, é franca.

cinems

A “Mostra Dança”, que abrange o projeto CineMIS de abril, tem curadoria de Julia Aissa, artista e coordenadora do Núcleo de Dança da Fundação de Cultura. Antecipa a comemoração do Dia Internacional da Dança, celebrado em 29 de abril e antecede a “Semana pra Dança”, grande festival que reunirá grupos de todo o Estado em maio.

Os filmes selecionados para a “Mostra Dança” levam a sala de exibição do Museu da Imagem e do Som clássicos que representam a dança no cinema ao longo das décadas. A curadoria privilegiou filmes que foram pouco difundidos junto ao público, mas que tiveram boa aceitação de público e crítica.

Os cinco longas escolhidos são:

“Os Sapatinhos Vermelhos” (The Red Shoes, 1948), de Michael Powell e Emeric Pressburger; “Cantando na Chuva” (Singin’ in the Rain, 1952), de Gene Kelly e Stanley Donen; “Vem Dançar Comigo” (Strictly Ballroom, 1992), de Baz Luhrmann; “De Corpo e Alma” (The Company, 2003), de Robert Altman; “Dançando no Escuro” (Dancer in the Dark, 2000), de Lars Von Trier.

Michael Powell e Emeric Pressburger, que dirigem “Os Sapatinhos Vermelhos”, formaram uma dupla renomada no cinema: dividiram vários prêmios e indicações, entre eles ao Oscar pelo próprio longa em exibição e o Urso de Prata no Festival de Berlim, em 1951, com o filme “Os Contos de Hoffmann”.

Já “Cantando na Chuva” é considerado por muitos críticos o melhor musical de todos os tempos. A direção é de Stanley Donen, considerado o rei gênero. O filme “Vem Dançar Comigo” marca a estreia de Baz Luhrmann como diretor. Nesse trabalho é possível perceber a extravagância e a energia que vão marcar outras obras do diretor, como “Romeu e Julieta” e “Moulin Rouge”, este último vencedor de dois Oscar.

O premiado diretor Robert Altman apresenta um bom elenco no filme “De Corpo e Alma”, com Neve Campbell e James Franco. “Dançando no Escuro” é protagonizado pela cantora Björk (Selma Jezková). O filme recebeu uma indicação ao Oscar e a Palma de Ouro de Melhor Filme em Cannes em 2000.

Confira as sinopses dos filmes do CineMIS:

13 de abril (segunda-feira) – Os Sapatinhos Vermelhos – A jovem e promissora bailarina Victoria Page (Moira Shearer) é escolhida para estrelar uma nova montagem de “Sapatinhos Vermelhos” na companhia comandada por Boris Lermontov (Anton Walbrook). Lermontov, autoritário e exigente, demanda de seus bailarinos dedicação total e uma vida devotada à dança. E Victoria coloca sua grande chance em risco ao se apaixonar pelo compositor Julian Craster (Marius Goring). (133 min., 1948).

14 de abril (terça-feira) – Cantando na chuva – Gene Kelly é Don Lockwood, dançarino e ator, galã dos filmes de romance e paixão, o ídolo das matinês. Mas, na vida real, seu relacionamento com a atriz com a qual contracena, Lina Lamont (Jean Hagen), não vai bem. Ele prefere a companhia da aspirante à atriz Kathy Selden (Debbie Reynolds), que conheceu enquanto escapava de suas fãs. Em uma época em que os filmes mudos estão dando lugar ao cinema falado, Cantando na Chuva mostra essa transição com muito humor, diversão e números musicais que marcaram a história do cinema em seus tempos áureos. (103 min., 1952).

15 de abril (quarta-feira) – Vem Dançar Comigo – Paul Mercurio interpreta Scott Hastings, um jovem dançarino que tem um sonho na vida: vencer um concurso de dança. Ele está perto de concretizar o seu sonho quando briga com a parceira às vésperas da competição. Como a vida é cheia de surpresas, aparece Fran (Tara Modice), uma jovem que vai mexer com a vida dele, e não só nas pistas. (94 min. ,1992).

16 de abril (quinta-feira) – De Corpo E Alma – O diretor Robert Altman mostra como é a vida de quem se dedica ao balé. As vidas profissionais e pessoais se misturam nesse universo. Neve Campbell é Ry, uma dançarina muito talentosa que entra em conflito com a carreira quando se torna a principal integrante de uma importante companhia. (112 min., 2003).

17 de abril (sexta-feira) – Dançando No Escuro – Selma (Bjork), imigrante tcheca e mãe solteira, trabalha numa fábrica no norte dos EUA e vive num trailer com seu filho Gene (Vladica Kostic), de 12 anos. Para sair um pouco da dura realidade, ela sonha com o mundo dos musicais de Hollywood, enquanto uma doença faz com que perca a visão aos poucos. Para que seu filho não sofra o mesmo problema no futuro, ela faz de tudo para juntar dinheiro suficiente para operá-lo e livrá-lo da cegueira genética. (139 min. ,2000).

Serviço: A “Mostra Dança” é uma parceria entre o Núcleo de Dança da Gerência de Difusão Cultural e o Museu da Imagem e do Som da Fundação de Cultura, que fica no Memorial da Cultura, na avenida Fernando Correa da Costa, 559, 3º andar. As exibições acontecem sempre às 19 horas e a entrada é gratuita.

Para maiores informações sobre a programação do museu acesse www.misms.com.br.

Comentários

comentários