Cinco marginais invadem escola e agridem guarda municipal a pauladas

Um guarda civil municipal, de 29 anos, foi agredido a pauladas na noite da segunda-feira (1°), na Escola Municipal Professora Ione Catarina Gianotti Igydio, no Jardim Noroeste, em Campo Grande.

Guarda foi espancado em escola no Jardim Noroeste
Guarda foi espancado em escola no Jardim Noroeste

De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima disse que pelo menos cinco pessoas invadiram a escola às 19h50min e um deles o agrediu a pauladas.

A vítima relatou à polícia que estava de serviço na escola, quando um dos autores subiu no muro e disse “e ai, vamo faze esse guardinha ou não?”. Em seguida, ele pulou o muro e passou a agredir o servidor com pauladas.

O marginal estava acompanhado de mais quatro comparsas que estavam com facas e pedaços de pau. Outros cinco ficaram em um corredor, localizado entre o muro e a parede da escola.

Por conta dos gritos, um segundo guarda municipal, que estava de plantão em um Ceinf (Centro de Educação Infantil) ao lado, saiu para ver o que havia ocorrido, quando um dos suspeitos que estava fora da escola realizou um disparo de arma de fogo, então pegou o estojo de munições e jogou dentro da escola.

Antes de ir embora, o autor do disparo jogou para dentro da escola o estojo deflagrado e disse “toma guarda, na próxima vai ser na cabeça”. Em seguida, todos fugiram.

O caso foi registrado na DEPAC (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro como lesão corporal dolosa, ameaça e disparo de arma de fogo.

Comentários

comentários