Cinco candidaturas à presidência são aprovadas pela Fifa

A comissão eleitoral da Fifa aprovou nesta quinta-feira cinco candidatos à presidência da entidade, com a rejeição do nome do liberiano Musa Bility e o adiamento da análise da candidatura de Michel Platini até janeiro, quando termina a suspensão do francês.

Os cinco candidatos que concorrem a eleição na Fifa (Foto: AFP)
Os cinco candidatos que concorrem a eleição na Fifa (Foto: AFP)

“A comissão eleitoral declarou cinco candidatos elegíveis para disputar a presidência da Fifa”, prevista para acontecer em um congresso extraordinário em 26 de fevereiro em Zurique, segundo um comunicado.

Depois de uma avaliação, a comissão eleitoral da Fifa aprovou as candidaturas do príncipe jordaniano Ali Al Hussein, do xeque Salman Bin Ebrahim Al Khalifa (Bahrein), do francês Jérôme Champagne, do italiano-suíço Gianni Infantino e do sul-africano Tokyo Sexwale.

A comissão rejeitou a candidatura do presidente da Federação de Futebol da Libéria, Musa Hasan Bility, “levando em consideração sua integridade”, afirma a comissão em um comunicado.

A candidatura de Michel Platini, presidente da Uefa suspenso por 90 dias em 8 de outubro, não será examinada pela comissão antes do dia 5 de janeiro, quando termina a suspensão, exceto se a punição for retirada antes, como já havia indicado a Fifa em 20 de outubro.

“A comissão tomará sua decisão neste momento”, afirmou na ocasião o presidente da comissão eleitoral, Domenico Scala.

Platini foi suspenso pelas dúvidas a respeito de um pagamento de 1,8 milhão de euros que recebeu em 2011 por um trabalho realizado entre 1999 e 2002.

AFP

Comentários

comentários