Cidades em estado de emergência por conta da chuva somam 22 em MS

Caracol, cidade a 368 quilômetros de Campo Grande, decretou estado de emergência após chuvas causarem estragos no município no início de dezembro. O decreto foi publicado na edição desta quarta-feira (15) do Diário Oficial dos Municípios.

Cheia no Rio Dourados deixou 18 famílias desabrigadas - Foto: Jefferson Duarte/Siliga News
Cheia no Rio Dourados deixou 18 famílias desabrigadas – Foto: Jefferson Duarte/Siliga News
Cheia no Rio Dourados deixou 18 famílias desabrigadas - Foto: Jefferson Duarte/Siliga News
Cheia no Rio Dourados deixou 18 famílias desabrigadas – Foto: Jefferson Duarte/Siliga News

A cidade é a 22ª a entrar em emergência em Mato Grosso do Sul por conta de danos provocados pelas chuvas. Para o decreto, o prefeito Manoel dos Santos Viais (PT) considerou os alagamentos, erosões e danificação de estradas, rodovias, pontes e vias públicas urbanas, causadas por fortes chuvas que caíram no município no início de dezembro.

Conforme o decreto, grande parte das estradas existentes na zona rual do município estão intransitáveis. Parte as vias urbanas, inclusive, diz o texto, também foram danificadas.
A emergência foi decretada, segundo o prefeito, a fim de garantir a segurança da população, com a construção e recuperação de pontes e estradas. A situação das estradas na zona rural está comprometendo o trânsito de veículos que fazem o transporte escolar.
O decreto autoriza o município a adotar medidas para minimizar os prejuízos e a atuação conjunta da prefeitura com demais órgãos e entidades estaduais e federais.

A emergência foi decretada, segundo o prefeito, a fim de garantir a segurança da população, com a construção e recuperação de pontes e estradas. A situação das estradas na zona rural está comprometendo o trânsito de veículos que fazem o transporte escolar.

O decreto autoriza o município a adotar medidas para minimizar os prejuízos e a atuação conjunta da prefeitura com demais órgãos e entidades estaduais e federais.

OUTROS MUNICÍPIOS 

Com chuvas intensas, o governo estadual decretou situação de emergência em Tacuru, Naviraí, Itaquiraí, Aral Moreira, Coronel Sapucaia, Amambai, Iguatemi, Sete Quedas, Paranhos, Caarapó, Juti, Novo Horizonte do Sul, Japorã e Eldorado.

O prejuízo causado pelas chuvas nas 14 cidades da região sul do Estado já supera os R$ 115 milhões.

Outras sete cidades decretaram situação de emergência posteriormente e, por isso, não estão incluídas no decreto estadual, que são: Bela Vista, Jardim, Mundo Novo, Deodápolis, Fátima do Sul, Laguna Carapã e Campo Grande.

 

Comentários

comentários