Chuvas já causaram R$ 60 milhões de prejuízo em Campo Grande; vídeo

Chegam a R$ 60 milhões, segundo a prefeitura de Campo Grande, os prejuízos causados pelas chuvas na cidade desde o início de dezembro de 2015.

15buiaco

O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) informa que do dia 1º de dezembro até a manhã desta sexta-feira (15) foram registrados 488,2 milímetros de chuva na Capital. A média histórica da cidade para o mês de dezembro é de 224,9 mm, segundo o órgão.

Segundo a Defesa Civil, as regiões mais prejudicadas pelas enxurradas na cidade são pontos da avenida Ernesto Geisel, principalmente os do cruzamento com as avenidas Mascarenhas de Moraes, Rachid Neder e Euler de Azevedo, além da área entre a Vila dos Ferroviários e o Horto Florestal.

Outros pontos que apresentam problemas durante os períodos chuvosos são as vias onde têm córregos próximos que sempre alagam como as avenidas Fernando Corrêa da Costa, Afonso Pena, Via Park, Ricardo Brandão e Interlagos.

Para minimizar os problemas das enchentes, a prefeitura está realizando limpeza de córregos, bocas de lobo, além de fazer trabalhos de contenção.

A prefeitura informa que, somente na recuperação de ruas e avenidas comprometidas pelas chuvas, o município já investiu R$ 2 milhões.

Após a chuva que causou grandes estragos em Campo Grande no dia 5 de dezembro, o prefeito Alcides Bernal (PP) decretou situação de emergência na cidade. O governo do Estado, no entanto, ainda não reconheceu essa situação até agora.

 

Comentários

comentários