Chuvas castigam e dois municípios de MS já decretaram situação de emergência

Em Mato Grosso do Sul fortes chuvas atingiram várias cidades na terça (24) e hoje(25), em especial as da região sul do Estado que sofreram prejuízos. Dentre essas, Naviraí e Coronel Sapucaia decretaram situação de emergência, conforme informações da Defesa Cívil de MS. Já em outras que tiveram pontos de alagamento como é o caso de Amambai, Fátima do Sul e Caarapó, análises estão sendo realizadas para que ações sejam adotadas.

Em Fátima do Sul o Rio Dourados subiu e alagou região "ribeirinha" (Foto: Fátima News)
Em Fátima do Sul o Rio Dourados subiu e alagou região “ribeirinha” (Foto: Fátima News)

O município de Amambai teve cinco pontos de alagamento nesta terça-feira, de acordo com o coordenador da Defesa Civil local, Ivo Alves. Na MS-485, estrada que liga o município a Aral Moreira há interdição, o que acontece segundo o coordenador devido a uma ponte que caiu.

Naquela região, também ontem a chuva abriu uma enorme cratera no acesso a Tacuru pela MS-160, única via pavimentada que dá acesso à cidade e que liga a sede do município a MS-156 (Tacuru-Amambai) e MS-295 (Tacuru-Iguatemi).

Amambai obteve somente na terça-feira o total de 96.6 mm de chuva registrado de acordo com o Cemtec-Centro de Monitoramento do Tempo, do Clima e de Recursos Hídricos do Mato Grosso do Sul -. O total registrado no mês já alcança 304.8 mm, sendo que a média mensal de chuva na região é de 186,6mm, ou seja, 63% acima da média.

Estrada que liga Fátima do Sul e Dourados ficou interditada após queda de árvores
Estrada que liga Fátima do Sul e Dourados ficou interditada após queda de árvores

A Defesa Civil local informou que na tarde desta quarta-feira (25) a chuva havia cessado e que estava realizando análises na cidade, mas até o momento nenhum popular necessitou ser remanejado de casa devido a situação.

Fátima do Sul também ficou em estado crítico com a chuva forte. A vila dos Navegantes foi a mais atingida, de acordo com informações do Corpo de Bombeiros. No local, casas foram alagadas e o Rio Dourados que fica próximo do bairro continua subindo, o que gera preocupação.

Enxurrada deixou estrago grande em rodovia de MS
Enxurrada deixou estrago grande em rodovia de MS

O Corpo de Bombeiros citou ainda que prestou apoio para retirar água das casas, mas até o momento nenhuma dessas necessitou ser desocupada.

A chuva cessou no início da tarde em Fátima do Sul. Na região pela manhã, a MS-376 que liga o município a Dourados foi interditada devido a queda de três árvores, mas ainda segundo o Corpo de Bombeiros, foi liberada por volta do meio dia e o trânsito já normalizou.

Em Caarapó também houve registro de alagamento e de acordo com o Corpo de Bombeiros do município, o fato ocorreu na noite de terça-feira, sendo que hoje a situação já estava contida.

O tráfego pela BR-163 tinha sido interompido aproximadamente por uma hora entre Caarapó e Juti. O córrego Saiju que passa às margens da rodovia havia transbordado.

Nas imediações daquela cidade, conforme o Corpo de Bombeiros não há estradas interditadas.

A Defesa Civil de MS considerou a situação no Estado como crítica e informou que está enviando equipe para as cidades afetadas pelas chuvas para as devidas providências.

DOURADOS

Em Dourados a chuva forte também causou estragos. Dois bairros foram alagados na cidade, sendo eles segundo a Defesa Civil na Linha do Potreirito e no Campo Dourado.

Com o fato, famílias tiveram muitas perdas, entre móveis, pertences pessoais e alimentos. No Detran, um veículo ficou ‘embicado’ em meio a um buraco alagado.

No Parque das Nações, um veículo ficou preso no túnel que foi alagado veja aqui.

25carro
Carro ficou submergido no Parque das Nações (Foto: Ligado

A previsão é de mais chuvas para os próximos dias no município de acordo com o Cptec (Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos). Para a quinta-feira (26), dia nublado com pancadas de chuva, muitas nuvens com curtos períodos de sol, com temperatura máxima de 31ºC e mínima de 21ºC.

Na sexta-feira (27), previsão de chuva de curta duração e pode ser acompanhada de trovoadas a qualquer hora do dia, com máxima de 34ºC e mínima de 21ºC.

Com Informações Dourados News

Comentários

comentários