Chrystian e Ralf serão processados por contratante

chrystianeralf-702x336Antenor Figueiredo Neto, organizador do Show com a Dupla Sertaneja Chrystian e Ralf, que seria realizado em Assis, no último dia 19, divulgou uma Nota Oficial para esclarecimento à população. De acordo com ele, após formalizado o contrato, locado o espaço, contratado e pago os serviços e estando tudo preparado para a realização do evento, às vésperas da realização do show, foram criadas inúmeras dificuldades pela assessoria da Dupla, com a nítida intenção de que o show não se realizasse, dentre inúmeras, destaca-se a não aprovação dos hotéis de Assis para a hospedagem da dupla e a não adequação do palco do Clube da Terceira idade.

“Foi exaustivamente argumentado com a assessoria da dupla que a rede hoteleira de Assis, estava preparada para o recebimento de outros artistas, também de renome nacional, contudo, a assessoria da dupla restou irredutível, obrigando a contratação de hotel na cidade de Marilia, impondo uma série de pressões junto a minha pessoa com ameaças da não vinda dos artistas”, conta.

Em nota, Neto ainda afirma que a assessoria da dupla Chrystian e Ralf ainda asseverou as vésperas do show que o palco do local do evento não estava apto a receber os artistas, sendo argumentado que outros ali já se apresentaram, recentemente João Bosco e Vinicius, e que o local havia sido mencionado no contrato. “Ainda assim, asseveraram que a dupla não se apresentaria naquelas condições, ocasião em que foral realizadas adequações. Inobstante as adequações, a todo momento, às vésperas do show, a assessoria da dupla ameaçava a não realização do evento, pressionando, criando empecilhos infundados, até que em data de 18/03/2015, antes do fechamento do horário bancário, noticiaram no site da dupla sertaneja que o show estava cancelado, independente do pagamento”, conta.

“Me senti refém de uma situação que prejudicou e inviabilizou a realização do evento. Fui obrigado a cancelar, mesmo após ter realizados pagamentos à banda e fornecedores diversos. Nunca foi minha intenção não realizar o evento, pois cumpri todas as condições contratuais. Não faltou vontade, investimento, nem esforço para que tudo acontecesse da melhor maneira. Mas infelizmente não aconteceu”, revela. “Não me escondi e isso jamais farei diante do público que acreditou e confiou em mim e no meu trabalho. Me ponho à disposição para todos os esclarecimentos à imprensa e a quem solicitar, uma vez que é isso que tenho feito”, ressalta.

Neto ainda diz que contratou uma assessoria jurídica, a BCM ASSESSORIA JURÍDICA EMPRESARIAL – Daniel Lopes Cichetto, Renata Mailio Marquezi e Ricardo Soares Bergonso que já está adotando as medidas judiciais cabíveis para a reparação dos danos causados, inclusive com a devolução dos valores já pagos, de modo a poder ressarcir, inclusive ao público. “Espero a compreensão de todos e desde já peço desculpas pelo constrangimento”, finaliza. (Por Movimento Country).

Comentários

comentários