Chefe do tráfico do PCC é morto em confronto com a polícia na fronteira

Dimenor é apontado como chefe do tráfico do PCC na fronteira (Foto: Reprodução)
Dimenor é apontado como chefe do tráfico do PCC na fronteira (Foto: Reprodução)

O traficante Jefferson Barbosa, 34, o “Dimenor”, um dos chefes da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital) na fronteira entre Brasil e Paraguai, foi morto na noite de ontem (21), em confronto com a polícia.

A operação, envolvendo equipes do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) e Polícia Civil, também resultou na prisão de outros 3 bandidos e na apreensão de três fuzis 556 e uma espingarda calibre 12, Além das armas, também foram apreendidos vários coletes balísticos (à prova de balas), munições de grosso calibre, toucas ninjas, lanternas e aparelhos celulares e carregadores de fuzis com o grupo preso.

O episódio aconteceu na noite de ontem, em uma casa onde na Rua Isaias Camargo, na Vila Nova em coronel Sapucaia.

Policiais do DOF, em conjunto com as policias civil e militar, apuravam denúncia de que no imóvel havia grupo fortemente armado e, depois de monitoramentos, articularam a ação policial.

Três fuzis, revólver e centenas de munições foram apreendidas na operação - Foto: Divulgação
Três fuzis, revólver e centenas de munições foram apreendidas na operação – Foto: Divulgação

Ainda do lado de fora do imóvel, policiais ordenaram que o grupo se entregasse, mas não foram obedecidos e Jeferson, em princípio, fugiu pelo telhado atirando. O criminoso entrou em casa ao lado, outra vez confrontou policiais e acabou baleado com dois tiros. Ele chegou a ser levado para hospital, contudo não resistiu.

integra

De acordo com informações divulgadas pela polícia, Jeferson era um dos líderes do tráfico de drogas e integrava a facção PCC, que atua dentro de fora de presídios. O criminoso teria articulado, inclusive, atentados contra autoridades paraguaias.

 

Comentários

comentários