Cel David é lançado pré-candidato como alternativa municipal e de pavimento a Bolsonaro 2018

Centro de eventos do lançamento da pré candidatura (Fotos: Lúcio Borges)
Centro de eventos do lançamento da pré candidatura (Fotos: Lúcio Borges)

A manhã desta sexta-feira (10) em Campo Grande contou com a festa de lançamento da pré-candidatura a prefeito da Capital do deputado estadual Carlos Alberto David (PSC), o coronel David, que contou com a presença da cúpula nacional do partido. Para avalizar a entrada na disputa ao pleito eleitoral 2016, cerca de 400 pessoas, entre social cristãos do município e do Estado, e simpatizantes, prestigiaram o evento, exaltando ainda mais, a presença do polemico deputado federal Jair Bolsonaro, do Rio de Janeiro, bem como ao Pastor Everaldo, presidente nacional da sigla. O cel. David em seu discurso já como concorrente ao Paço Municipal, criticou duramente e fez acusações a atual gestão de Alcides Bernal, que ainda não oficializou, mas deve disputar a reeleição. Bolsonaro, além dos temas polêmicos, falou de se conhecer o candidato e ver como David pode ser bom para administrar a cidade, como para pavimentar as eleições 2018, onde pretende ou denomina ‘cumprir um missão’ pelo Brasil.

Os dirigentes da agremiação assumem que a candidatura será apresentada com uma nova e boa alternativa municipal, mas que representa um passo para alçar Bolsonaro a disputa a presidência da Republica em 2018. “Vejo que estamos no caminho certo, com uma plateia repleta de jovens, mais com senhores também, neste momento cívico, que entrará para historia de Campo Grande. Lançamos e repassaremos o que PSC acredita como possível para mudarmos esse quadro da atual realidade do Brasil, que não é diferente desta Capital. E colocamos para todos refletirem e trabalharmos que 2018 passa por 2016 com David prefeito para termos Bolsonaro presidente”, ratificou o presidente nacional pastor Everaldo.

Presidente nacional pastor Everaldo
Presidente nacional PSC – pastor Everaldo

O presidente regional do PSC, Wilson Joaquim, abriu o evento dizendo da alegria e perspectiva histórica em colocar e ter nome para a disputa da prefeitura. “É uma alegria receber todos vocês, nossos filiados, amigos e simpatizantes neste dia impar. Estamos lançando uma pré-candidatura histórica e que pode marcar Campo Grande, ser um marco politico-social de nosso município”, apontou o dirigente que completou mostrando o mote da campanha eleitoral, “contra esse gigante da corrupção, vamos colocar um David neles, contra a incompetência David neles, pelos princípios e novidade a politica e administração da Capital David neles”, completou.

Para cel. David, a sua posição será por defender ou trabalhar junto a população e pela recuperação da prefeitura, em três áreas principais: Educação, Saúde e Segurança Pública. O agora pré-candidato mostrou como será o tom da disputa e o que pode ser sua administração. “Vamos lutar com o que acreditamos, pela família que não é só no termo individual, mas social, que são intrisicos ou deveriam ser. Vamos no tripe da Educação, Saúde e Segurança Pública com ações preventiva, educativa e repressiva que tem que andar juntos. Além de mudarmos certas concepções, como o trabalhador cumpre a Lei e há prefeito que não cumpre nada da Legislação e do que trata. Vamos desmitificar também sobre o que falam sobre nós. Vamos trabalhar para quanto mais mentiras lançarem sobre nós, vamos falar das verdades sobre eles”, discursou o coronel-deputado-candidato.

Criticas e acusações em elevação

Cel. David em ácidas criticas avaliou somente negativamente o atual momento da Capital. Em seu discurso, pode ser visto como pensa e atuará o candidato e possível eleito para o executivo municipal. “Eu fico extasiado com o vitimismo do atual gestor. Parece novela mexicana, que move tão somente sua incompetência, falta de compromisso e mais desrespeito real co o que promete, trata, negocia e não cumpre. Campo Grande está parte destruída. Vamos recuperar e parar com as trapalhadas na prefeitura, não ter somente casos absurdos que vem ocorrendo na prefeitura nos últimos anos”, disse.

O discurso foi completado com “não veremos mais sobre o sumiço de vacinas e tal caos das epidemias de doenças; uniforme escolar, sendo entregue em junho; taxa de iluminação sem ser aplicada, a Cosipa que seria usada em outras coisas e até em sua próxima campanha; não vamos ter tapa buraco fantasma e asfalto ruim. Por fim nosso governo vai ter vergonha na cara, vai ter ordem, disciplina e competência. Nosso governo vai respeitar e trabalhar o povo. Contra incompetência, contra corrupção David neles. Contra violência cel. David neles”, completou.

Pavimentando 2018 para cumprir missão

David_Bolsonaro3De olho na eleição para presidente, Jair Bolsonaro (PSC-RJ), avaliou que não poderia ser melhor a escolha de um ‘cel. David’ para a prefeitura da Capital na disputa deste ano, para o bem do município, bem como para futuro do partido e pretensões como sua candidatura. Mas, ele admitiu que não será ele -Bolsonaro- que fará a campanha, mas o curriculum do candidato e as pessoas de perto.

“Ele é um coronel Davi, alçado na carreira que fornece todo preparo moral, intelectual e profissional. Peço que todos pesquisem a vida dos candidatos e veja como é esse nosso companheiro. É um cara capacitado para assumir a Prefeitura de Campo Grande, que terá como missão corte de gastos e cuidado com a coisa pública. Eu não vou fazer nada de realmente concreto, somente depois como amigo e deputado federal, para ajudar o David a ser muito melhor do que já é e pretende ser para o município. Para ele chegar lá, cabe agora ao senador de MS do PSC e a bancada federal ajudar o candidato na Capital. Mas o grande trabalho será feito por ele mesmo e tudo que já apresentou trabalhando e executando na gloriosa PM-MS”, avaliou Bolsonaro.

Bolsonaro, falou abertamente que também poderia dizer que sua pré-candidatura, em 2018, a presidente da Republica, passa “muito por 2016”. “Depende da candidatura dele e do voto dos campo-grandenses. O Brasil tem jeito, apesar dos sérios problemas que o País enfrenta, vemos ou iremos encarar a situação como ‘uma missão’. Para mim, o Brasil tem jeito e é muito mais do que Bolsa Família e Pronatec”, disse.

O deputado carioca mencionou ainda que já pensa em elaborar propostas em setores como economia, infraestrutura e turismo, e como pode tratar sua ainda ‘sonhada candidatura’. “Não temos nada definido, só começamos a pensar nisso, sou pré pre candidato e esperou que aparece outro bem melhor. Muitos partidos pensam no PSC e podemos ser aliados para nós ou apoiá-lo na eleição. O único que não pode é aquele partido vermelho”, finalizou.

Comentários

comentários