CBF é punida em R$ 65 mil por torcida gritar ‘bicha’ em jogo das eliminatórias

Reprodução - CBF
Reprodução – CBF

O sistema de vigilância de antidiscriminação da Fifa anunciou nesta terça-feira uma punição à Confederação Brasileira de Futebol (CBF). A entidade  terá de pagar 20 mil francos suíços (cerca de 65,2 mil reais) de multa. A decisão foi publica hoje no site oficial da FIFA.

A sanção foi imposta por conta de cânticos homofóbicos entoados durante a realização da partida entre Brasil x Colômbia, em Manaus, pelas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

A Fifa levou em consideração os gritos de ‘bicha’ por parte da torcida brasileira no momento em que o goleiro David Ospina cobrava os tiros de meta. A situação era investigada desde setembro.

Mas não foi só a CBF que terá de pagar por conta dos atos de seus torcedores. As federações de El Salvador, México, Canadá, Chile, Argentina, Paraguai, Peru, Itália e Albânia também foram denunciadas e sancionadas pela Fifa.

De acordo com a entidade máxima do futebol, todas as multas impostas foram analisadas a partir das circunstâncias específicas de cada acontecimento.

O Chile foi o maior prejudicado, além de ter que pagar 65 mil francos suíços, não poderá atuar no Estádio Nacional de Santiago contra a Venezuela, no dia 28 de março de 2017, pelas eliminatórias, por ser reincidente no caso.

Comentários

comentários