Cazuza afirma que base do prefeito na Câmara ‘está em formação”

O vereador Cazuza respondeu às críticas de que o prefeito Alcides Bernal estaria “sem base na Câmara”. Cazuza afirmou que “a base do prefeito está em formação” e que ele, particularmente, “não tem participado de reuniões por conta de compromissos particulares.” A crítica feita em plenário, na sessão legislativa desta terça-feira, é feita por vereadores que tem feito críticas à medidas do prefeito reconduzido ao cargo, que argumentam que a falta de uma base do prefeito na Câmara é particularmente prejudicial à cidade, em um momento em que Campo Grande tem enfrentado tantos problemas em sua infra-estrutura, como buracos nas vias públicas, problemas com coleta de lixo e agora, problemas com iluminação pública.

Às escuras – Ao ser questionado sobre a denúncia apresentada na sessão desta terça-feira (3) da Câmara, de que vários pontos da capital estariam com a iluminação apagada à noite – entre eles, um trecho de seis quadras da recém-remodelada avenida Júlio de Castilho, na região Oeste de Campo Grande -, “apesar de a população pagar uma taxa específica de iluminação pública, à parte na conta de luz, em função da alocação de recursos que tem sido feita pela prefeitura”, o vereador declarou:

“Preciso de mais informações sobre esta situação, mas sabemos que algumas empresas e fornecedores da prefeitura, estão sem receber, em função da necessidade de priorizar alguns serviços fundamentais, mas isso já está sendo regularizado”, defendeu o vereador.

“O prefeito pegou a administração com R$100 mil em caixa para o 13* salário e já temos alguns milhões. Tenho certeza que isso logo será regularizado.”

Silvio Ferreira

Comentários

comentários