Caso de garagista preso por duplo homicídio é colocado em segredo de justiça

O caso envolvendo o garagista Junior Chagas foi colocado em segredo de justiça. Ele foi preso na manhã desta sexta-feira (13) por policiais civis do SIG (Serviço de Investigações Gerais) acusado pelo duplo homicídio registrado no dia 5 de abril na BR-163, próximo ao aeroporto da Aplic,

Garagista foi preso na manhã desta sexta-feira em Dourados (Foto: Osvaldo Duarte)
Garagista foi preso na manhã desta sexta-feira em Dourados (Foto: Osvaldo Duarte)

Com o segredo, informações sobre os desdobramentos do caso não podem ser divulgadas pela Polícia Civil.

A prisão do acusado ocorreu através de um cumprimento de um mandado de prisão preventiva.

No dia do crime, Lucas Benites Gottardi, 21 e Ailton Fernandes dos Reis, 20, moradores em Caarapó, acabaram mortos.

As vítimas seguiam numa Honda CG Titan vermelha, placa HTH-8523, de Caarapó, quando foram abordados pelo rapaz, que estaria numa Toyota Hilux e logo em seguida realizou os disparos.(Com Informações Dourados News)

Comentários

comentários